Costa sul da Madeira sob aviso laranja para tempo quente a partir de domingo

A costa sul e as regiões montanhosas da ilha da Madeira vão estar sob aviso laranja para tempo quente entre as 09:00 de domingo e as 18:00 de segunda-feira, indicou hoje o Serviço Regional de Proteção Civil.

Costa sul da Madeira sob aviso laranja para tempo quente a partir de domingo

Costa sul da Madeira sob aviso laranja para tempo quente a partir de domingo

A costa sul e as regiões montanhosas da ilha da Madeira vão estar sob aviso laranja para tempo quente entre as 09:00 de domingo e as 18:00 de segunda-feira, indicou hoje o Serviço Regional de Proteção Civil.

“Prevê-se que as temperaturas máximas possam chegar a valores da ordem de 30 a 32 graus centígrados na costa sul da Madeira e nas vertentes montanhosas voltadas a sul”, esclarece a instituição em comunicado, referindo que as mínimas deverão variar entre os 20 e os 23 graus.

O Serviço Regional de Proteção Civil sublinha que, de acordo com informação do Instituo Português do Mar e a Atmosfera (IMPA), as temperaturas vão manter-se elevadas até terça-feira devido a uma massa de ar quente e seca com origem no norte de África.

A costa sul e as regiões montanhas da Madeira encontram-se hoje sob aviso amarelo para tempo quente, nível que sobe para laranja entre domingo e segunda-feira.

Para a costa norte da Madeira e a ilha do Porto Santo, o IPMA emitiu um aviso amarelo para domingo e segunda-feira.

“A humidade relativa do ar será persistentemente baixa, em especial nas regiões montanhosas, onde os valores deverão ser inferiores a 30%”, refere o Serviço Regional de Proteção Civil, adiantando que o vento vai soprar de norte ou nordeste, temporariamente de leste, em geral fraco a moderado, mas com rajadas na ordem de 60 a 70 quilómetros/hora nas regiões montanhosas e nos extremos leste e oeste da ilha da Madeira.

O aviso laranja é emitido pelo IPMA quando existe uma situação meteorológica de risco moderado a elevado e o aviso amarelo sempre que existe risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Face aos avisos para tempo quente, a Proteção Civil da Madeira recomenda a “adequação de comportamentos e atitudes” devido ao perigo de incêndio rural, nomeadamente evitando a realização de fogueiras para recreio e confeção de alimentos e a utilização de equipamentos de queima e de combustão.

DC // MCL

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS