CORREÇÃO: Festival Azores Burning Summer de volta em formato restrito

A sétima edição do festival Azores Burning Summer vai realizar-se de 25 a 28 de agosto, na ilha de São Miguel, nos Açores, mas com um formato “restrito e circunscrito”, anunciou hoje a organização.

CORREÇÃO: Festival Azores Burning Summer de volta em formato restrito

CORREÇÃO: Festival Azores Burning Summer de volta em formato restrito

A sétima edição do festival Azores Burning Summer vai realizar-se de 25 a 28 de agosto, na ilha de São Miguel, nos Açores, mas com um formato “restrito e circunscrito”, anunciou hoje a organização.

O evento, que decorre na freguesia do Porto Formoso, no concelho da Ribeira Grande, desde 2015, vai ter lugar com “prudência relativamente à realização de eventos culturais com público no atual contexto e a escassez de financiamento”, que “obrigam a que a edição de 2021 mantenha um formato restrito e circunscrito à Praia dos Moinhos”.

De acordo com uma nota de imprensa da Associac¸a~o Regional para a Promoc¸a~o e Desenvolvimento do Turismo, Ambiente, Cultura e Sau´de (ARTAC), que organiza, a edição de 2021 “repete o modelo implementado em 2020, em que o evento decorreu apenas no recinto da esplanada do bar da Praia dos Moinhos, seguindo todas as regras determinadas pela Autoridade de Saúde Regional”.

A organização do festival estabeleceu uma programação diurna, entre as 16:00 e as 20:00, acessível a quem frequentar a Praia dos Moinhos nos dias do evento, e uma programação noturna, entre as 20:30 e as 00:00, sendo que “todas as performances decorrem sobre o palco montado na esplanada do bar da Praia dos Moinhos”.

Foi estabelecida uma parceria com o Festival Internacional de Cinema de Direitos Humanos – NOMA Azores e com o projeto Moinhos Revival, que “pretende resgatar a ligação afetiva entre o público e a Praia dos Moinhos através de diversos projetos, entre os quais a instalação da Barraca Pereira e o concerto de ‘covers’ que irá reunir diversos artistas locais”.

A ARTAC refere que o evento se “caracteriza como um laboratório social e ambiental, onde o público tem acesso a um conjunto de práticas que visam o desenvolvimento de uma consciência ecológica coletiva com vista à mudança de comportamentos para um modo de vida mais sustentável”.

No primeiro dia do festival, o concerto previsto é assegurado pela banda We Sea, no segundo atuam AsPeGiiC & Friends, no penúltimo dia Eu.Clides e White Haus conclui o programa. Todos os dias estão previstas as atuações de DJ.

A lotação de pessoas na esplanada do bar da Praia dos Moinhos é de 200 pessoas.

Os acessos à Praia dos Moinhos, ao recinto do evento, instalações sanitárias e outras áreas públicas do festival “serão monitorizados e controlados por elementos da organização em articulação com as entidades competentes e forças de segurança”.

O Plano de Continge^ncia elaborado para a edição de 2021 recebeu a aprovação da Direc¸a~o Regional da Sau´de, sendo que o acesso ao recinto do evento faz-se mediante a validação do certificado digital de vacinação, testagem ou recuperação ou com a realização prévia de teste aos participantes, espectadores e colaboradores.

Poderão ser aceites testes RT-PCR, se realizados nas últimas 72 horas, teste rápido de antigénio, se realizado nas 48 horas anteriores, e autoteste, se realizado à entrada do evento.

JME // TDI

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS