Consoada em Portugal só com 10 pessoas [e nos outros países como vai ser?]

O Bastonário da Ordem dos Médicos quer que o Governo determine número máximo de 10 pessoas na Consoada e aconselha uso de máscara e que se evite aglomerações.

Consoada em Portugal só com 10 pessoas [e nos outros países como vai ser?]

Consoada em Portugal só com 10 pessoas [e nos outros países como vai ser?]

O Bastonário da Ordem dos Médicos quer que o Governo determine número máximo de 10 pessoas na Consoada e aconselha uso de máscara e que se evite aglomerações.

A Ordem do Médicos defendem máximo de dez pessoas na Consoada para serem limitadas as hipóteses de contágio de covid-19. “O Natal é uma data de expressão de afetos nas famílias e, a exemplo de outros países, o Governo deveria determinar um máximo de pessoas que podem juntar-se na ceia de Natal”, defende o bastonário, criticando o facto de o Governo não o ter feito.

Para Miguel Guimarães, o máximo de pessoas não deveria ultrapassar as dez 10. “Os estudos são esclarecedores sobre esta matéria, apontando para aumento de infeções sempre que há ajuntamentos. A probabilidade de o País ter uma recaída é muito grande caso venha a ser possível grandes ajuntamentos na Consoada.”

 “Para o vírus não há Natal nem Ano Novo”, alerta a Ordem dos Médicos

“Para o vírus não há Natal nem Ano Novo”, alerta a Ordem dos Médicos. Nesta quadra o respeito pelas medidas de prevenção da transmissão da pandemia “é fundamental para protegermos os nossos familiares e, particularmente, os de maior risco, tais como idosos ou doentes crónicos”. A Ordem recomenda a quem tem febre ou queixas respiratórias, esteve em contacto com casos suspeitos ou confirmados ou testou positivo nos últimos dez dias mantenha o isolamento.

“Adie viagens não essenciais, use máscara, lave frequentemente as mãos e evite aglomerados de pessoas, aconselha a Ordem dos Médicos. Ricardo Baptista Leite, médico especialista em Infetologia, refere – citado pela edição impressa do CM desta quarta-feira, 9 de dezembro – que “não há qualquer número mágico” e que “cinco pessoas numa casa pequena pode representar maior risco do que dez pessoas numa vivenda”. Lembra, porém, que “o período das refeições é o momento de maior risco porque as pessoas estão sem máscara e há que respeitar o distanciamento físico”, de dois metros.

A Consoada nos outros países

Alemanha

– Limite de 10 pessoas
– Restauração fechada

Bélgica

– 1 convidado por família
– 4 convidados se a casa tiver jardim, mas só pode entrar 1 de cada vez na habitação

Espanha

– Máximo de 10 pessoas
– Limite nos dias 24 e 25 e 31 de dezmbro e 1 de janeiro
– Recolher obrigatório à 01h30

Itália

– Máximo de 4 pessoas nos almoços em restaurantes
– Recolher obrigatório às 22h00 nos dias 24, 25, 26 e 31 de dezembro e em 1 e em 6 de janeiro

Noruega

– Máximo de 10 pessoas
– Distância de 1 metro à mesa
– Limites vigoram nos dias 24, 25 e 31 de dezembro e 1 de janeiro

Reino Unido

– Máximo de 3 agregados familiares
– Proibidas reuniões familiares em restaurantes
– Restrições aplicadas de 23 a 27 de dezembro

Impala Instagram


RELACIONADOS