“Concert for Earth”‘ arranca hoje na Lagoa das Sete Cidades nos Açores

O “Atlantis Concert for Earth”, festival musical de cariz ecológico, segundo a organização, vai arrancar hoje na Lagoa das Sete Cidades, na ilha de São Miguel, Açores, com as atuações de Black Eyed Peas e Stone Temple Pilots.

“Concert for Earth”‘ arranca hoje na Lagoa das Sete Cidades nos Açores

O “Atlantis Concert for Earth”, festival musical de cariz ecológico, segundo a organização, vai arrancar hoje na Lagoa das Sete Cidades, na ilha de São Miguel, Açores, com as atuações de Black Eyed Peas e Stone Temple Pilots.

O primeiro de dois dias de festival, que é organizado pelo músico Nuno Bettencourt da banda norte-americana Extreme, vai contar com as presenças de Mod Sun, Gabriela e Nicole Scherzinger.

Para sábado, o cartaz conta com as atuações de Pitbull, Bush, Girlfriends e Pig Tails.

Durante o festival, que já está com lotação esgotada, vão decorrer concertos virtuais de Sting e dos Queen com Adam Lambert, e será dado a conhecer o trabalho de vários programas e organizações ambientais.

As portas vão abrir às 14:00, estando o início dos concertos marcado para as 17:00 e o fim para as 23:00, segundo a informação disponibilizada pela organização.

O festival vai decorrer numa margem da Lagoa das Sete Cidades, num local conhecido por Cerrado das Freiras, sendo o acesso realizado obrigatoriamente por via pedonal num percurso de cerca de 30 minutos.

As pessoas com mobilidade reduzida e os residentes no local vão ter de levantar um livre-trânsito na Junta de Freguesia das Sete Cidades para terem estacionamento junto ao recinto.

Após o anúncio da realização do evento, associações ambientalistas dos Açores criticaram a localização do festival projetado para as Sete Cidades, na ilha de São Miguel, mas o Governo Regional e a organização do evento afirmam que os impactos ambientais estão salvaguardados.

Em 03 de junho, o secretário do Ambiente e Alterações Climáticas, em declarações à Lusa, referiu que foi exigido ao promotor do evento um conjunto de documentos, “incluindo uma avaliação ambiental e da capacidade de carga, mapas das zonas de estacionamento, um documento a comprovar que o festival é ‘carbon zero’, um levantamento topográfico, um mapa do festival”.

As Sete Cidades são um geossítio do Geoparque Açores, Geoparque Mundial da UNESCO, e encontra-se classificada como massa de água protegida, através do Plano de Ordenamento da Bacia Hidrográfica da Lagoa das Sete Cidades (POBHLSC), sendo ponto de paragem obrigatória para aves na sua migração entre as placas europeia e americana.

RPYP (JME)// MAG

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS