Centro de Arte Contemporânea de Coimbra inaugura no sábado novo ciclo expositivo

O Centro de Arte Contemporânea de Coimbra recebe a partir de sábado o “Chegar à boca da Noite”, exposição que reúne obras de 19 artistas oriundas de várias coleções.

Centro de Arte Contemporânea de Coimbra inaugura no sábado novo ciclo expositivo

Centro de Arte Contemporânea de Coimbra inaugura no sábado novo ciclo expositivo

O Centro de Arte Contemporânea de Coimbra recebe a partir de sábado o “Chegar à boca da Noite”, exposição que reúne obras de 19 artistas oriundas de várias coleções.

“Chegar à boca da Noite” é inaugurada às 15:30 de sábado e reúne obras das coleções do Estado, do Município de Coimbra, da Coleção de Fotografia Contemporânea do Novo Banco e da Coleção ER, explicou hoje a Câmara, em nota de imprensa enviada à agência Lusa.

Neste novo ciclo, vão estar presentes artistas como Aino Kannisto, Ana Rito, Doug Aitken, Francisco Laranjo, Gregory Crewdson, Paulo Brighenti, Rui Chafes, Pires Vieira ou Sarah Jones, entre outros.

“Este ciclo tem ainda outra particularidade, pois inaugura uma relação com coleções privadas da cidade de Coimbra, que pretende alargar a outras coleções da região, conjugando a dinâmica que o colecionismo privado tem imprimido ao panorama português da arte contemporânea em relação com coleções públicas”, salientou a autarquia.

A exposição converge também com a temática (“meia-noite”) da bienal de arte contemporânea de Coimbra, Anozero.

“Acreditamos que estas obras nos trazem um pequeno sobressalto, uma espécie de apneia do olhar que corporiza este tempo e lugar limiar que Ruy Belo evoca em verso, – ‘E ouve-se o silêncio descer pelas vertentes da tarde / chegar à boca da noite e responder.’ – afirmando uma solidão essencial para a obra de arte”, explicou o curador do CACC, José Maçãs de Carvalho, citado na nota de imprensa.

O novo ciclo de exposições, patente até 28 de agosto, marca também a retoma do horário e bilhética habitual daquele espaço, interrompidos em fevereiro devido a um projeto de digitalização de alta resolução das obras de arte.

A exposição pode ser visitada de terça-feira a sexta-feira, das 10:00 às 18:00, ao sábado e domingo, das 10:00 às 13:00 e das 14:00 às 18:00.

O Centro de Arte Contemporânea de Coimbra foi instituído em 2020 para receber uma parte da Coleção de Arte Contemporânea do Estado.

JGA // SSS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS