Canadá ultrapassa meio milhão de casos de covid-19

O Canadá ultrapassou hoje os 500.000 casos de infeção com o coronavírus SARS-CoV-2, que provoca a doença covid-19, ao registar 4.896 novos casos e 88 mortes nas últimas 24 horas.

Canadá ultrapassa meio milhão de casos de covid-19

Canadá ultrapassa meio milhão de casos de covid-19

O Canadá ultrapassou hoje os 500.000 casos de infeção com o coronavírus SARS-CoV-2, que provoca a doença covid-19, ao registar 4.896 novos casos e 88 mortes nas últimas 24 horas.

O total de casos registados de covid-19 desde o início da pandemia atingiu 500.242 no Canadá, de que já resultaram 14.128 mortes, de acordo com dados divulgados pela cadeia de televisão pública CBC. Ontário, a província mais populosa e onde se situa a capital Otava, identificou 2.357 novos casos desde sexta-feira e elevou o número de mortes para 4.125. O Quebec, segunda subdivisão do país com mais habitantes, que regista o maior número de mortes (7.715), teve nas últimas 24 horas um novo máximo de infeções, com 2.038 novos casos.

LEIA DEPOIS
Plano de vacinação da covid-19 está errado: os vulneráveis podem esperar
Plano de vacinação: os idosos podem esperar

Governo do Canadá prolonga restrições em Toronto

A aceleração da pandemia nas duas províncias levou o Canadá a ultrapassar hoje a barreira do meio milhão de infetados pelo novo coronavírus, duas semanas depois de ter ultrapassado a marca dos 400 mil. O Governo de Ontário prolongou hoje as restrições na área metropolitana de Toronto e em grande parte da região até 04 de janeiro, enquanto no Quebec, o primeiro-ministro da província, François Legault, estendeu medidas idênticas até 11 de janeiro.

País de forte emigração portuguesa comprou 20 milhões de vacinas Pfizer/BioNTech

Com uma população a rondar os 38 milhões de habitantes, o Canadá adquiriu 20 milhões de doses da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Pfizer/BioNTech, devendo receber 249 mil este mês e quatro milhões de doses até março de 2021. A campanha nacional de vacinação arrancou na segunda-feira em Ontário e no Quebec, naquele que foi o terceiro país a autorizar a administração do produto da farmacêutica norte-americana, depois de Reino Unido e Bahrein e à frente dos Estados Unidos.

LEIA AGORA
ministra da Saúde, Marta Temido
«Não haverá regresso à normalidade tal e qual a vivíamos», avisa ministra da Saúde

Impala Instagram


RELACIONADOS