Brisa compra a participação de 20% da SIBS no capital da Via Verde

A Brisa vai comprar a participação da SIBS na Via Verde, de 20%, uma operação que lhe permitirá controlar 80% da empresa, mantendo uma “parceria tecnológica” com a gestora do Multibanco, de acordo com um comunicado hoje divulgado.

Brisa compra a participação de 20% da SIBS no capital da Via Verde

Brisa compra a participação de 20% da SIBS no capital da Via Verde

A Brisa vai comprar a participação da SIBS na Via Verde, de 20%, uma operação que lhe permitirá controlar 80% da empresa, mantendo uma “parceria tecnológica” com a gestora do Multibanco, de acordo com um comunicado hoje divulgado.

“A Brisa — Auto-estradas de Portugal, SA (Brisa) e a SIBS — SGPS, SA (SIBS) informam que acordaram a reconfiguração da parceria que as une na Via Verde Portugal (VVP), desde a sua constituição no ano 2000, para gerir e desenvolver o sistema eletrónico de pagamentos de serviços de mobilidade”, lê-se na mesma nota.

“Esta nova etapa na relação entre a Brisa e a SIBS concretiza-se através de dois eixos estratégicos: a aquisição pela Brisa da posição da SIBS na VVP e o reforço da parceria tecnológica de longo prazo entre a SIBS e a VVP”, salientou a concessionária.

De acordo com o ‘site’ da Via Verde, a Brisa tem 60% do capital, a SIBS 20% e a Ascendi outros 20%.

“No âmbito do acordo agora celebrado, a SIBS vende à Brisa a posição acionista que detém no capital da VVP”, lê-se na mesma nota, que alerta que “a concretização do acordo, com a compra e venda efetiva das ações, e designadamente a definição final da nova estrutura acionista da VVP, encontra-se sujeita ao cumprimento das regras e formalidades estatutárias que conferem à Ascendi – SGPS, SA — terceiro acionista da VVP — um direito de partilha das ações a transmitir, na proporção atual da sua participação”.

A Brisa sublinhou ainda que a SIBS “é acionista originária da VVP, prestando, desde a data da sua constituição, os serviços necessários ao funcionamento da atividade comercial da VVP, para cobrança dos valores devidos em função da utilização de infraestruturas rodoviárias”.

Para isso, a empresa “desenvolveu um conjunto de funcionalidades na Rede Multibanco que permitem a operação de um sistema único de transferência eletrónica de fundos, que tem sido essencial para o sucesso da VVP em termos de alcance, inovação e usabilidade”, destacou a Brisa.

A concessionária garantiu ainda que “a SIBS irá consolidar a sua parceria tecnológica com a VVP, como parceiro para a inovação no domínio dos pagamentos eletrónicos, com o foco na geração de novos serviços de mobilidade inovadores em benefício dos quase três milhões de clientes” que usam o sistema.

 

ALYN // MSF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS