Brasil deteta 105 derramamentos de petróleo bruto na costa do nordeste no país

A principal agência ambiental do Brasil anunciou hoje que detetou 105 derramamentos de petróleo bruto provenientes de uma fonte indeterminada, que tem poluído, nos últimos dias, as águas e praias da costa nordestina do país.

Brasil deteta 105 derramamentos de petróleo bruto na costa do nordeste no país

Brasil deteta 105 derramamentos de petróleo bruto na costa do nordeste no país

A principal agência ambiental do Brasil anunciou hoje que detetou 105 derramamentos de petróleo bruto provenientes de uma fonte indeterminada, que tem poluído, nos últimos dias, as águas e praias da costa nordestina do país.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) esclareceu que a petrolífera estatal Petrobras analisou os derramamentos espalhados por oito estados e determinou que têm origem numa única fonte. Contudo, frisou que a substância em causa, petróleo bruto, não é produzida no país sul-americano.

O Ibama, órgão tutelado pelo Ministério do Meio Ambiente, não descreveu o tamanho dos derramamentos, que afetaram 46 municípios de oito estados, incluindo vários destinos turísticos.

Alagoas, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Piauí e Sergipe são os estados afetados.

Dos nove estados do nordeste brasileiro, apenas a Bahia ainda não registou a presença de manchas no seu litoral.

O instituto referiu que está a investigar “as causas e responsabilidades dos derramamentos” com o assessor da Petrobras e o corpo de bombeiros da capital do país, Brasília.

“Até ao momento não há evidências de contaminação de peixes e crustáceos”, garantiu o Ibama, referindo que a substância já matou sete tartarugas marinhas.

Banhistas e pescadores foram aconselhados a evitar as áreas onde o petróleo bruto foi encontrado.

Está previsto que cerca de 100 trabalhadores da Petrobras participem nos esforços de limpeza das áreas afetadas.

MYMM // SR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS