Boris Johnson recebe Angela Merkel dia 02 de julho

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, vai receber a chanceler alemã, Angela Merkel, em 02 de julho, num contexto de tensões pós-Brexit e preocupações da UE sobre a variante Delta da covid-19 no Reino Unido, anunciou hoje Downing Street.

Boris Johnson recebe Angela Merkel dia 02 de julho

Boris Johnson recebe Angela Merkel dia 02 de julho

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, vai receber a chanceler alemã, Angela Merkel, em 02 de julho, num contexto de tensões pós-Brexit e preocupações da UE sobre a variante Delta da covid-19 no Reino Unido, anunciou hoje Downing Street.

Boris Johnson vai receber Angela Merkel, que deve deixar o cargo após as eleições parlamentares de setembro, em Chequers, a residência de campo dos chefes do Governo do Reino Unido.

“Esta será uma oportunidade para discutir uma série de tópicos, incluindo o aprofundamento das relações Reino Unido-Alemanha e a resposta global à pandemia de covid-19”, disse o porta-voz de Downing Street.

Angela Merkel pediu hoje ao Parlamento alemão para que os 27 países da União Europeia, de que o Reino Unido já não faz parte, concordem impor uma quarentena aos viajantes britânicos para evitar a importação da variante Delta da covid-19 no continente.

Esta variante, descoberta pela primeira vez na Índia, é particularmente contagiosa.

Apesar do progresso da campanha de vacinação, com seis em cada 10 adultos totalmente vacinados, o Reino Unido enfrenta há várias semanas um aumento na contaminação atribuído a essa mesma variante.

Com mais de 128.000 mortes, o país registou mais de 16.700 novos casos na quinta-feira.

Por sua vez, o governo britânico pretende dispensar gradualmente, ao longo do verão, os viajantes vacinados da quarentena, atualmente imposta à maioria dos países da UE.

O encontro entre Boris Johnson e Angela Merkel também está agendado para o dia seguinte à entrada em vigor das novas restrições decorrentes do ‘Brexit’ ao fornecimento da Irlanda do Norte de produtos da Grã-Bretanha, fonte de grandes tensões dentro da província britânica e entre Londres e Bruxelas.

AXYG // FPA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS