Bial investe 110,7 ME nos EUA em projetos de investigação na área de Parkinson

A Bial criou uma filial nos EUA para desenvolvimento de terapias para a doença de Parkinson e comprou os projetos de investigação nesta área à norte-americana Lysosomal Therapeutics, num investimento estimado até 130 milhões de dólares, foi hoje anunciado.

Bial investe 110,7 ME nos EUA em projetos de investigação na área de Parkinson

Bial investe 110,7 ME nos EUA em projetos de investigação na área de Parkinson

A Bial criou uma filial nos EUA para desenvolvimento de terapias para a doença de Parkinson e comprou os projetos de investigação nesta área à norte-americana Lysosomal Therapeutics, num investimento estimado até 130 milhões de dólares, foi hoje anunciado.

Em conferência de imprensa, o presidente executivo (CEO) da empresa farmacêutica portuguesa disse que a nova Bial Biotech Investments Inc. (Bial Biotech) — com sede em Cambridge, Massachusetts, nos arredores da cidade de Boston, considerado um ‘hub’ mundial de investigação nas áreas da saúde e da biotecnologia – será “um centro de excelência de inovação dedicado à doença de Parkinson”, focado no desenvolvimento de terapias para mutações genéticas associadas a esta patologia neurodegenerativa.

Simultaneamente, afirmou António Portela, a Bial concretizou a aquisição dos direitos mundiais dos programas de investigação na doença de Parkinson da ‘startup’ biotecnológica norte-americana Lysosomal Therapeutics Inc. (LTI), integrando a sua equipa de seis investigadores no novo centro.

Dependendo do “cumprimento de diversas metas regulamentares e comerciais”, adiantou, o investimento total envolvido neste projeto poderá atingir os 130 milhões de dólares (cerca de 110,7 milhões de euros).

PD // MSF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS