Beiras e Serra da Estrela avança com projeto de cadastro de terrenos

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE) tem aprovada uma candidatura para executar o projeto de cadastro simplificado de terrenos no seu território.

Beiras e Serra da Estrela avança com projeto de cadastro de terrenos

Beiras e Serra da Estrela avança com projeto de cadastro de terrenos

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE) tem aprovada uma candidatura para executar o projeto de cadastro simplificado de terrenos no seu território.

De acordo com um comunicado, a CIM-BSE, em parceria com os municípios que fazem parte da organização, “tem aprovada a sua candidatura n.º CENTRO-08-5762-FSE-000007 do projeto designado de CIM-BSE – Cadastro Simplificado, elaborada no âmbito do Programa Operacional Regional do Centro”.

“A candidatura dispõe de um investimento elegível no montante global de 1.289.841,48 euros, com uma taxa de financiamento de 85% do Fundo Social Europeu (FSE) e um prazo de execução de 24 meses”, lê-se na nota hoje enviada à agência Lusa.

Segundo a fonte, “a candidatura prevê diversas ações, como a representação gráfica georreferenciada (RGG) dos prédios rústicos que se encontram no território da CIM-BSE e a criação de balcões de atendimento, onde os cidadãos possam gratuitamente identificar os limites das suas propriedades rústicas ou mistas, entre outras iniciativas”.

“Trata-se de uma medida muito importante para a valorização, gestão e ordenamento do território, essencial na defesa da floresta contra os incêndios”, reconhece a CIM-BSE.

A CIM-BSE tem sede na cidade da Guarda e é constituída por 15 municípios, sendo 12 do distrito da Guarda (Almeida, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Guarda, Gouveia, Manteigas, Mêda, Pinhel, Seia, Sabugal e Trancoso) e três do distrito de Castelo Branco (Belmonte, Covilhã e Fundão).

 

ASR // SSS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS