BE avança com apreciação parlamentar se tempo de serviço dos professores for promulgado

BE avança com apreciação parlamentar se tempo de serviço dos professores for promulgado

O BE anunciou hoje que, caso o Presidente da República promulgue o “erro” do Governo sobre a recuperação do tempo de serviço dos professores, o partido vai avançar com uma apreciação parlamentar do decreto-lei.

O Governo aprovou hoje o decreto-lei que define que os professores vão recuperar dois anos, nove meses e 18 dias do tempo de serviço efetuado, no último dia de uma semana de greves dos docentes contra esta medida.

“O tempo do Governo já passou e o Governo utilizou-o para cometer o erro que falha os direitos dos professores. Agora é o tempo do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, decidir se vai promulgar ou não vai promulgar este erro que deixa para trás os professores e as professoras”, disse, aos jornalistas, no parlamento, em Lisboa, a deputada do BE Joana Mortágua.

A deputada bloquista adiantou que, se o Presidente da República decidir pela promulgação do decreto-lei, “o BE vai apresentar uma apreciação parlamentar” para que se possa “recuperar o compromisso que foi assumido no último Orçamento do Estado em relação à carreira dos professores e em de todas as outras carreiras que merecem justiça por parte do Governo”.

JF (SIM) // VAM

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

BE avança com apreciação parlamentar se tempo de serviço dos professores for promulgado

O BE anunciou hoje que, caso o Presidente da República promulgue o “erro” do Governo sobre a recuperação do tempo de serviço dos professores, o partido vai avançar com uma apreciação parlamentar do decreto-lei.