Autoridades cabo-verdianas alertam para risco de peixe venenoso

Autoridades cabo-verdianas alertam para risco de peixe venenoso

O Ministério da Economia Marítima cabo-verdiano alertou hoje para o avistamento recente de peixe do género Lagocephalus, conhecido por “peixe sapo”, nas águas de Cabo Verde e recordou que este é venenoso e a sua comercialização proibida.

Em comunicado, este ministério da conta de “vários alertas para casos de avistamento recente, nas águas de Cabo Verde, de peixes do género Lagocephalus, família Tetraontidae, vulgarmente conhecido por ‘peixe sapo’, e por ‘trintxante’ em algumas localidades”.

“Apesar de ser conhecido dos pescadores como sendo um peixe venenoso, as autoridades já estão alertadas para reforçar as medidas de sensibilização e fiscalização”, prossegue o comunicado.

O consumo deste peixe é proibido, assim como a sua comercialização, por ser uma espécie muito tóxica (as toxinas concentram-se principalmente na pele e no fígado).

Esta espécie desloca-se em pouca profundidade, podendo ser avistada tanto em alto mar como junto à costa, andando em cardumes.

A proibição da comercialização deste peixe está definida numa portaria que aprova e define as regras sanitárias aplicáveis à colocação no mercado dos produtos das pescas destinadas ao consumo.

SMM // PJA

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Autoridades cabo-verdianas alertam para risco de peixe venenoso

O Ministério da Economia Marítima cabo-verdiano alertou hoje para o avistamento recente de peixe do género Lagocephalus, conhecido por “peixe sapo”, nas águas de Cabo Verde e recordou que este é venenoso e a sua comercialização proibida.