Autoridade Marítima e DGS lançam campanha para evitar acidentes nas praias

A Autoridade Marítima e a Direção-Geral de Saúde (DGS) lançaram uma campanha com recomendações de segurança para minimizar os riscos de acidentes nas praias.

Autoridade Marítima e DGS lançam campanha para evitar acidentes nas praias

Autoridade Marítima e DGS lançam campanha para evitar acidentes nas praias

A Autoridade Marítima e a Direção-Geral de Saúde (DGS) lançaram uma campanha com recomendações de segurança para minimizar os riscos de acidentes nas praias.

Lisboa, 04 ago 2021 (Lusa) — A Autoridade Marítima e a Direção-Geral de Saúde (DGS) lançaram uma campanha com recomendações de segurança para minimizar os riscos de acidentes nas praias, onde nesta época balnear já morreram nove pessoas.

Num comunicado publicado hoje, a Autoridade Marítima Nacional (AMN) realça que a campanha “Não dê férias à segurança” pretende sensibilizar para “uma cidadania responsável, através de recomendações no âmbito da segurança e de comportamentos a adotar nas praias que ajudem a minimizar os riscos de acidentes balneares”.

“Durante a época balnear 2021, já ocorreram nove acidentes mortais, sendo a causa provável, na larga maioria das situações, doença súbita. Este ano, tal como nos últimos anos, verificamos que muitas das situações que resultam em acidentes nas praias não se devem a pessoas em dificuldades na água, mas a outras situações como paragens da digestão, choque térmico, desidratação ou paragem cardiorrespiratória”, sublinhou a AMN, num comunicado.

Entre as recomendações, as duas entidades reforçam que devem ser frequentadas as praias vigiadas, respeitando as indicações das autoridades e dos nadadores-salvadores, evitadas as exposições ao sol entre as 11:00 e as 16:00, deve ser usado protetor solar com fator superior a 30 de duas em duas horas, que se opte por refeições ligeiras, respeitando os períodos de digestão, e que não se deixe lixo nas praias.

As entidades apelam ainda para que os utentes prefiram praias vigiadas com baixa taxa de ocupação, que pode ser consultada na aplicação InfoPraia, e que seja respeitada a sinalização das praias.

Em caso de emergência, devem ser chamados os nadadores-salvadores ou contactado o número de emergência nacional 112.

No âmbito da prevenção contra a covid-19, os utilizadores das praias devem usar máscara na deslocação até ao areal e manter o distanciamento físico, nomeadamente com o respeito pela distância de 1,5 metros entre toalhas e de três metros entre chapéus de sol.

A AMN pede ainda especial atenção às crianças, principalmente perto da água, que se tenha em atenção a profundidade dos locais de mergulho e que sejam evitadas as arribas instáveis.

 

RCS // MLS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS