Autópsia de Rendeiro não aponta para crime

Segunda perícia médico-legal ao corpo do ex-banqueiro João Rendeiro indicia que não há intervenção de terceiros na morte. Segunda autópsia confirma, assim, tese de suicídio.

Autópsia de Rendeiro não aponta para crime

Autópsia de Rendeiro não aponta para crime

Segunda perícia médico-legal ao corpo do ex-banqueiro João Rendeiro indicia que não há intervenção de terceiros na morte. Segunda autópsia confirma, assim, tese de suicídio.

Não há indícios de crime na morte de João Rendeiro. Este é o resultado da autópsia realizada sábado ao corpo do ex-banqueiro, no Instituto Nacional de Emergência Médica e Ciências Forenses. A perícia médico-legal, feita a pedido da família, indicia que não há intervenção de terceiros, confirmando a tese de que João Rendeiro, de 69 anos, se suicidou na cadeia de alta segurança de Westville, na África do Sul, em maio deste ano.

A viúva de João Rendeiro tem dúvidas sobre as causas que levaram à morte do fundador do BPP e exigiu que tudo seja esclarecido numa segunda autópsia. O exame vai ser pago por amigos e familiares de Maria de Jesus Rendeiro que, apurou o JN, já têm prestado auxílio à mulher. Sem acesso às contas bancárias da família, Maria de Jesus Rendeiro tem sobrevivido com dinheiro emprestado. A primeira autópsia a João Rendeiro aconteceu em Durban, na África do Sul, quatro dias depois da morte do antigo líder do BPP.

Boris Johnson enfrenta hoje moção de censura
O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, vai ser sujeito estar tarde a uma moção de censura no Partido Conservador, após dezenas de deputados terem manifestado descontentamento, foi hoje anunciado (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS