As cirurgias para aumentar o pénis funcionam mesmo?

Estudo publicado na Sexual Medicine Reviews as cirurgias para aumentar o pénis são «e arriscadas». Mas será que funcionam?

As cirurgias para aumentar o pénis funcionam mesmo?

As cirurgias para aumentar o pénis funcionam mesmo?

Estudo publicado na Sexual Medicine Reviews as cirurgias para aumentar o pénis são «e arriscadas». Mas será que funcionam?

De acordo com um estudo publicado na revista científica Sexual Medicine Reviews, as cirurgias para aumentar o pénis são «ineficazes e arriscadas». Com possibilidades altíssimas de complicações, inclusive falta de sensibilidade permanente, a maioria dos 1.192 homens que participaram no estudo afirmou-se insatisfeita com os resultados.

LEIA DEPOIS

Previsão para o tempo e as temperaturas

Cirurgia para aumentar o pénis pode resultar no efeito contrário

«Genericamente, os resultados são maus. Com baixas taxas de satisfação e riscos significativos de grandes complicações», explicam os médicos. Deformidade «no pénis, disfunção erétil e até diminuição do órgão» são alguns dos efeitos indesejados da cirurgia para aumentar o pénis. Os procedimentos mais comuns envolvem injeções de preenchimento. Mas também existem cirurgias para dividir um dos ligamentos. Além de ser caro, em grande parte dos casos os possuem tamanho normal de pénis, embora o considerem «insuficiente».

Homens que se submetem a esta cirurgia possuem transtorno de autoimagem

O estudo conclui que muitos dos homens que se submetem a esta cirurgia possuem transtorno de autoimagem ou de disfunção peniana. Estes distúrbios – isolados ou em conjunto – envolvem uma insatisfação obsessiva com a própria aparência. «Infelizmente, algumas clínicas ignoram esta informação. É errado fazê-lo. A todos os níveis. A nossa visão é a de que apenas pacientes informados de todos efeitos possíveis e que passem por aconselhamento psicológico prévio deveriam considerar este tipo de cirurgia», considera Gordon Muir, urologista do King’s College, de Londres, em entrevista ao jornal The Guardian.

LEIA MAIS

«Pénis de Verão»: é verdade que o ‘material’ aumenta com o calor?

Bebés usados como correio de droga em prisões portuguesas

Corta pénis e testículos do namorado 14 anos mais velho com tesoura de poda

Impala Instagram


RELACIONADOS