Ator Welket Bungué entra no próximo filme de David Cronenberg

O ator luso-guineense Welket Bungué vai entrar no próximo filme do realizador canadiano David Cronenberg, “Crimes of the future”, que será rodado no verão na Grécia, revelou o produtor canadiano Robert Lantos.

Ator Welket Bungué entra no próximo filme de David Cronenberg

Ator Welket Bungué entra no próximo filme de David Cronenberg

O ator luso-guineense Welket Bungué vai entrar no próximo filme do realizador canadiano David Cronenberg, “Crimes of the future”, que será rodado no verão na Grécia, revelou o produtor canadiano Robert Lantos.

De acordo com vários meios especializados, que citam o produtor Robert Lantos, David Cronenberg rodará este ‘thriller’ de ficção científica entre agosto e setembro, maioritariamente em Atenas, com um elenco que contará com Welket Bungué, Viggo Mortensen, Léa Seydoux, Kristen Stewart, entre outros.

“‘Crimes of the future’ mergulha num futuro não muito distante, no qual a Humanidade aprende a adaptar-se a um ambiente sintético. Essa alteração leva os humanos a uma metamorfose, ultrapassando o seu estado natural e alterando a sua condição biológica”, escreve a publicação Deadline a propósito do filme, com argumento de David Cronenberg.

O realizador canadiano volta a rodear-se de pessoas com quem trabalhou em projetos anteriores, nomeadamente Lantos, com quem fez “Crash” (1996) ou “eXistenZ” (1999), e o ator Viggo Mortensen, protagonista em “Uma história de violência” (2005) e “Promessas perigosas” (2007).

Numa entrevista recente à revista GQ, Viggo Mortensen explicou que David Cronenberg já tinha o argumento deste projeto há algum tempo, mas nunca tinha tido oportunidade de o rodar, e que o tom do filme poderá remeter para o começo de carreira do realizador.

O novo projeto tem o mesmo título de um filme que David Cronenberg rodou em 1970, mas não foi adiantada qualquer ligação entre ambos.

Para Welket Bungué, ator e realizador, será uma estreia numa produção de David Cronenberg.

Welket Bungué nasceu na Guiné-Bissau em 1988, cresceu em Portugal, onde se licenciou em teatro, estudou também no Brasil e vive atualmente em Berlim. Tem mais de uma dezena de curtas-metragens enquanto realizador, e trabalha em representação há mais de uma década.

Participou em filmes como “Joaquim”, do brasileiro Marcelo Gomes, “Cartas da guerra”, de Ivo Ferreira, e “Berlin Alexanderplatz”, do realizador alemão Burhan Qurbani, e que lhe valeu um prémio de representação em 2020 no Festival Internacional de Cinema de Estocolmo.

David Cronenberg, 78 anos, é autor de filmes como “Videodrome (1983), “A mosca” (1986), “O festim nu” (1991), “Crash” (1996), “Uma história de violência” (2005) e “Cosmopolis” (2012), produzido por Paulo Branco.

Cronenberg, cuja última longa-metragem, “Mapa para as estrelas”, data de 2014, é considerado “um dos mais ousados e estimulantes realizadores de sempre, um incansável inovador de formas e linguagens”, como definiu o festival de Veneza quando lhe atribuiu o Leão de Ouro de carreira em 2018.

SS // TDI

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS