Associação Electrão procura pessoas que querem salvar o planeta

Pessoas que procuram ou lutam por uma vida mais sustentável e um planeta mais saudável vão poder sair do anonimato e ainda ganhar uma viagem ao maior parque florestal da Europa, participando numa iniciativa que hoje é apresentada.

Associação Electrão procura pessoas que querem salvar o planeta

Associação Electrão procura pessoas que querem salvar o planeta

Pessoas que procuram ou lutam por uma vida mais sustentável e um planeta mais saudável vão poder sair do anonimato e ainda ganhar uma viagem ao maior parque florestal da Europa, participando numa iniciativa que hoje é apresentada.

O movimento “Faz pelo Planeta by Electrão”, com o alto patrocínio do Presidente da República, é hoje lançado em Lisboa e procura encontrar os heróis anónimos nesta área, seja a nível da comunidade seja nas empresas.

A iniciativa é da Electrão — Associação de Gestão de Resíduos, que em comunicado exemplifica quem são possíveis destinatários: a pessoa que recolhe plástico na praia ou no campo, ou a pessoa que vive de forma minimalista e pratica um estilo de vida sustentável.

“A Electrão está à procura desses ativistas anónimos dispostos a salvar o planeta” e que possam inspirar outras pessoas, quer sejam “Big Changers”, a nível da comunidade, quer sejam “Corporate Changers”, os que nas empresas se destacam por impulsionar boas práticas ambientais.

Os escolhidos como campeões da mudança têm direito a uma viagem de quatro dias ao maior parque florestal da Europa, o Parque Nacional Bialowieza, na Polónia. As empresas vencedoras também serão premiadas.

No comunicado a associação explica que para inspirar a participação de muitos ambientalistas, que ainda se encontram na sombra, foram envolvidos na iniciativa influenciadores da área ambiental, e diz que as inscrições podem ser feitas na página oficial do movimento.

“O planeta precisa que todos se mobilizem para esta grande causa. Porque não somos capazes de travar esta luta sozinhos estamos determinados a encontrar pessoas verdadeiramente extraordinárias, que sabemos que existem e que podem inspirar esta mudança de forma natural, quer na comunidade, quer nas empresas”, disse, citado no comunicado, o diretor-geral da associação, Pedro Nazareth. 

E diz também que o movimento, que tem o apoio da Agência Portuguesa do Ambiente, pretende promover não só a reciclagem de resíduos, mas a viragem para uma economia mais circular.

A Electrão é a entidade responsável por três dos principais sistemas de recolha e reciclagem de resíduos: embalagens, pilhas e equipamentos elétricos usados. Gere uma rede de recolha de equipamentos elétricos e pilhas usadas com mais de 6.000 locais de recolha e é também responsável pela reciclagem de embalagens em todo o país.

FP // JMR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS