Assassino de Lamego recorreu a prostitutas após o crime

Foi fornecida uma fotografia recente, de 2017, para ajudar à sua identificação. Na população cresce o medo, uma vez que o homem está a monte há 11 dias e um dos seus alvos é o filho mais velho.

Assassino de Lamego recorreu a prostitutas após o crime

Foi fornecida uma fotografia recente, de 2017, para ajudar à sua identificação. Na população cresce o medo, uma vez que o homem está a monte há 11 dias e um dos seus alvos é o filho mais velho.

Henrique Carvalho, o assassino de Lamego que está fugido há 11 dias, recorreu a várias prostitutas depois de ter perpetuado o crime. As mulheres já foram ouvidas pela GNR, avança o Correio da Manhã.

As autoridades querem perceber os planos do homem e saber o que terá confidenciado.

Para já, todos os cenários se mantêm em aberto e a PJ de Vila Real não exclui nenhuma hipótese.

A abordagem terá de ser cautelosa pois o homem é perigoso e poderá estar armado.

Foi fornecida uma fotografia recente, de 2017, para ajudar à sua identificação. Na população cresce o medo, uma vez que o homem está a monte há 11 dias e um dos seus alvos é o filho mais velho.

Este homem e a mulher estão a ser protegidos pelas autoridades uma vez que a PJ teme que o assassino tente cumprir a
promessa de o matar.

Henrique matou Ana Maria a 14 deste mês. A mulher seguia para o trabalho com uma amiga quando foi surpreendida pelo ex. Morreu co oito tiros. A amiga ficou ferida numa perna. Ana Maria tinha consigo um botão de pânico que não chegou a ser ativado.

Henrique Carvalho levantou 50 mil euros em notas antes de matar a ex-mulher e até agora as autoridades não têm rasto dele.

LEIA MAIS LC: Mais de uma centena de detidos em Paris durante e depois da final

Impala Instagram


RELACIONADOS