“Arte Macau” arranca a 06 de junho e propõe mais de 30 eventos até outubro

O Arte Macau, um “festival internacional” que se propõe a transformar a cidade numa “galeria de arte”, inaugura no próximo dia 06 de junho, com mais de 30 eventos até outubro, foi hoje anunciado.

“Arte Macau” arranca a 06 de junho e propõe mais de 30 eventos até outubro

O Arte Macau, um “festival internacional” que se propõe a transformar a cidade numa “galeria de arte”, inaugura no próximo dia 06 de junho, com mais de 30 eventos até outubro, foi hoje anunciado.

Ao todo, estão previstos 10 espetáculos de “grande dimensão” e 18 exposições, anunciou o Instituto Cultural (IC), em comunicado.

Além de integrar outros eventos já existentes no território, o “Arte Macau” estabeleceu parcerias para levar exposições a diferentes palcos: consulados estrangeiros, hotéis e ‘resorts’.

No dia da inauguração, o Museu de Arte de Macau (MAM) recebe a “Exposição Internacional de Arte”, que reúne “obras de várias operadoras de estâncias turísticas integradas” e de outras empresas hoteleiras.

A mostra inclui “obras de pintura, cerâmica, escultura, instalações interativas e multimédia”, indicou o IC.

Em paralelo, durante aquele período, as seis operadoras de jogo – Galaxy, Melco, MGM, Sociedade de Jogos de Macau, Sands e Wynn – organizam diferentes exposições nos seus espaços hoteleiros.

Quanto aos consulados estrangeiros, a organização confirmou a participação do Japão, Itália, Hungria e Bélgica.

O cartaz abrange, ainda, eventos ao ar livre, “com obras antigas e contemporâneas de artistas chineses e estrangeiros”, acrescentou o IC.

Vários eventos serão apresentados por fases, nomeadamente concertos da Orquestra de Macau e da Orquestra Chinesa de Macau, e os Festivais Juvenis Internacionais de Dança, Música e Teatro.

O certame, um “novo produto turístico”, foi apresentado pelo secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Alexis Tam, numa recente visita a Lisboa.

Para Alexis Tam, Macau tem “todas as condições para ser um palco privilegiado das artes contemporâneas”, assinalou à data, em conferência de imprensa.

O 30.º Festival de Artes de Macau, as comemorações do dia de Portugal, em junho, e a 16.ª edição do Festival Juvenil Internacional de Dança, eventos já anunciados, vão ser integrados no festival.

FST // MAG

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS