António Zambujo, Rogério Charraz e Márcia no cartaz da Casa da Cultura de Seia

Concertos de António Zambujo, Rogério Charraz e Márcia integram a programação da Casa Municipal da Cultura de Seia, no distrito da Guarda, até ao final de novembro, que compreende um total de 12 espetáculos.

António Zambujo, Rogério Charraz e Márcia no cartaz da Casa da Cultura de Seia

António Zambujo, Rogério Charraz e Márcia no cartaz da Casa da Cultura de Seia

Concertos de António Zambujo, Rogério Charraz e Márcia integram a programação da Casa Municipal da Cultura de Seia, no distrito da Guarda, até ao final de novembro, que compreende um total de 12 espetáculos.

A programação da Casa Municipal da Cultura de Seia para os próximos três meses inicia no sábado, com o espetáculo de comédia de Celso Cleto “Um Amor de Família”, com Sofia Alves e João de Carvalho, entre outros, informou hoje a Câmara Municipal em comunicado enviado à agência Lusa.

No dia 24, o Cineteatro daquele complexo cultural recebe Márcia, considerada “um dos maiores talentos da composição em língua portuguesa e que está em digressão pelo país”.

Em 22 de outubro, será a vez da atuação de António Zambujo, “também um dos maiores artistas, autor e intérprete contemporâneo da música e da língua portuguesas, e um dos seus mais notáveis embaixadores no mundo”.

Ainda na música, no dia 19 de novembro, Rogério Charraz “apresenta-se em concerto com ‘O Coreto’, um disco conceptual, com músicas do próprio, letras de José Fialho Gouveia e produção de Luísa Sobral”.

No dia 01 de outubro, o grupo dinamarquês Ikarus Stage Arts, apresentará o espetáculo “Arcano 22 – Quando a Loucura está em Palco”, numa coprodução com a Casa da Cultura de Seia, ACERT de Tondela e Teatrão de Coimbra. No dia a seguir terá lugar um ‘workshop’, com inscrições gratuitas e limitadas.

De 08 a 15 de outubro a Casa Municipal da Cultura de Seia acolhe a 28.ª edição do CineEco – Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela que, para além das competições, contará com várias iniciativas paralelas.

Na abertura do festival, o destaque vai para o cine concerto “O Garoto de Charlot”, com a Cinematic Pocket Orchestra, sob a direção de Rui Lúcio, e, no dia 12, para “Efeito Colateral Óvio (ECO)”, de Sofia Figueiredo, “uma performance a solo com texto original inserida no ecoteatro”.

Em 25 de novembro, a Casa da Cultura da cidade de Seia, na serra da Estrela, recebe a Residência Artística “À Escuta: Casa Floresta”, de Luís Martins e Joana Sá.

Segundo a autarquia, trata-se de um projeto “de pesquisa, reflexão e criação artística, incluindo residências interdisciplinares e trabalho com cientistas e comunidades locais, sobre o passado, presente e futuro da(s) nossa(s) floresta(s)”.

Para o final do mês de novembro está agendada uma ação de formação para agentes culturais locais, denominada “Cultura, Participação e Comunidades”, com orientação de Hugo Cruz.

O município de Seia adiantou que nos meses de setembro, outubro e novembro, haverá concertos com Bandas Filarmónicas do concelho, no âmbito do ciclo “Filarmonias”.

No dia 18 deste mês o concerto será com a Sociedade Musical Estrela da Beira (Santa Marinha), no dia 23 de outubro com a Banda da Academia de Santa Cecília (São Romão) e no dia 13 de novembro com a Banda 1.º de Janeiro (Carragosela).

A programação também contempla, em setembro, mais uma edição do Curso de Iniciação Teatral, com Alexandre Sampaio.

A Casa Municipal da Cultura de Seia integra a Rede de Teatros e Cineteatros de Portugal (RTCP) e viu a sua programação aprovada em 50%, por quatro anos, pela Direção-Geral das Artes.

 

ASR // SSS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS