A Amazónia precisa mais do que das nossas preces. O que podemos fazer?

Sem a Amazónia, é impossível controlar o aquecimento do Planeta. A Amazónia precisa mais do que das nossas preces. Portanto, o que pode cada um de nós fazer?

A Amazónia precisa mais do que das nossas preces. O que podemos fazer?

Sem a Amazónia, é impossível controlar o aquecimento do Planeta. A Amazónia precisa mais do que das nossas preces. Portanto, o que pode cada um de nós fazer?

O pulmão da Terra está em chamas. A Amazónia brasileira (casa de um milhão de indígenas e três milhões de espécies) arde incessantemente de forma descontrolada. Registaram-se mais de 74 mil fogos na Amazónia, Brasil, desde o início deste ano, mais 84% de incêndios do que em período igual no ano passado, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais brasileiro (INPE).

Sem a Amazónia, é impossível controlar o aquecimento global

Cientistas e conservadores atribuem o aceleramento da desflorestação ao presidente Jair Bolsonaro, que convidou madeireiros e agricultores a ‘limparem’ as terras assim que tomou o Poder, em janeiro. A maior floresta tropical do Mundo é uma peça fulcral  para a solução da crise climática global. Sem a Amazónia, é impossível controlar o aquecimento do Planeta. A Amazónia precisa mais do que das nossas preces. Portanto, o que pode cada um de nós fazer?

O que fazer, além de rezar?

1. Como resposta de emergência, fazer donativos a um ou a todos estes grupos e Organizações Não Governamentais (ONG) para uma defesa mais eficaz da floresta: Amazon Frontlines, Rainforest Alliance, Amazon Aid Foundation, Amazon Watch Official, Saving The Amazon Oficial, Amazon Conservation Team, WWF-Brasil, Rainforest Trust e Rainforest Action Network ou outras que conheça e queira sugerir.

2. Considere tornar-se apoiante regular das iniciativas da Rainforest Alliance’s, que atua em todas florestas tropicais do Mundo em estado de vulnerabilidade, incluindo a Amazónia. Esta é a forma mais eficaz de defesa contra a desflorestação e os fogos florestais, mas requer uma profunda colaboração, a longo termo, entre comunidades e o público e os setores privados.

3. Acompanhe este tema e partilhe posts, notícias, imagens e outros alertas para a real situação, identificando notícias, agências e influenciadores com meios para tornar esta onda de alerta tão crescente e eficaz quanto possível.

4. Torne-se num consumidor consciente, apoiando companhias comprometidas em apoiar as cadeias de fornecedores sustentáveis. Elimine ou, pelo menos, reduza, o consumo de carne de vaca. Este produto é um dos principais motores da desflorestação amazónica.

5. Nos atos eleitorais, VOTE em líderes que compreendem a urgência da cise ambiental e climática e que estejam dispostos a tomarem ações corajosas, incluindo decisões com mão de ferro, adotando políticas para um futuro verdadeiramente sustentável e harmonioso.

LEIA MAIS sobre a crise na Amazónia AQUI

Impala Instagram


RELACIONADOS