AmadoraBD regressa a 21 de outubro em formato presencial

O Festival de Banda Desenhada da Amadora, AmadoraBD, realiza-se este ano entre 21 de outubro e 01 de novembro, regressando em formato presencial, depois uma edição ‘online’ devido à covid-19, anunciou hoje a Câmara Municipal.

AmadoraBD regressa a 21 de outubro em formato presencial

AmadoraBD regressa a 21 de outubro em formato presencial

O Festival de Banda Desenhada da Amadora, AmadoraBD, realiza-se este ano entre 21 de outubro e 01 de novembro, regressando em formato presencial, depois uma edição ‘online’ devido à covid-19, anunciou hoje a Câmara Municipal.

“Depois da edição de 2020 totalmente ‘online’, o Amadora BD regressa ao seu formato original. Exposições, lançamentos, sessões de autógrafos, apresentações e palestras fazem parte da programação deste ano que contará ainda com algumas iniciativas em formato híbrido”, anunciou hoje a Câmara Municipal da Amadora, em comunicado.

Os Prémios de Banda Desenhada da Amadora marcam também presença na edição deste ano e distinguem, pela primeira vez com um prémio pecuniário de cinco mil euros, a Melhor Banda Desenhada de Autor Português.

Apesar de a edição deste ano poder voltar a ser presencial, foi necessário fazer alguns ajustes na programação, para responder às exigências e restrições impostas pela pandemia de covid-19, explicou a autarquia.

Assim, o Amadora BD 2021 vai ocupar três zonas distintas na cidade da Amadora: o Ski Skate Amadora Park, que será o núcleo central, a Bedeteca da Amadora e a Galeria Municipal Artur Boal, que funcionarão como núcleos paralelos.

Para conseguir manter as atividades habituais — nomeadamente palestras com autores, nacionais e internacionais — o AmadoraBD irá completar a programação presencial com algumas iniciativas híbridas.

O evento culminará com a habitual cerimónia de entrega dos Prémios de Banda Desenhada da Amadora, uma iniciativa da autarquia que, desde 1989, distingue os autores de banda desenhada, portugueses e internacionais.

Com o objetivo de reforçar o apoio aos autores e à banda desenhada, o AmadoraBD introduziu este ano algumas alterações aos prémios, que visam não só valorizar o livro, mas também devolver o papel de protagonista à banda desenhada.

“Com a atribuição, pela primeira vez, de um prémio pecuniário à Melhor Obra de Banda Desenhada de Autor Português, o Amadora BD quer reafirmar o compromisso e missão de investir nos autores e na banda desenhada”, como tem feito nos últimos 30 anos, a apoiar “a produção de obras deste género literário, em contexto nacional e com impacto internacional”.

As inscrições para os Prémios de Banda Desenhada da Amadora 2021 estão abertas e no concurso podem participar todas as edições de banda desenhada, publicadas em Portugal, entre junho de 2020 e julho de 2021.

A concurso são admitidas as publicações, com distribuição comercial, com um mínimo de 30 páginas e/ou as publicações, que sem distribuição comercial, tenham no mínimo 12 páginas.

AL // TDI

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS