Almodóvar vai receber Leão de Ouro pela Carreira no Festival de Cinema de Veneza

O cineasta espanhol Pedro Almodóvar vai receber o Leão de Ouro pela Carreira no 76.º Festival Internacional de Cinema de Veneza, que vai decorrer de 28 de agosto a 07 de setembro, foi hoje anunciado pela organização.

Almodóvar vai receber Leão de Ouro pela Carreira no Festival de Cinema de Veneza

Almodóvar vai receber Leão de Ouro pela Carreira no Festival de Cinema de Veneza

O cineasta espanhol Pedro Almodóvar vai receber o Leão de Ouro pela Carreira no 76.º Festival Internacional de Cinema de Veneza, que vai decorrer de 28 de agosto a 07 de setembro, foi hoje anunciado pela organização.

Segundo o comunicado, a decisão foi tomada pela direção da Bienal de Veneza, presidida por Paolo Baratta, após a proposta do diretor do festival, Alberto Barbera.

Pedro Almodóvar, realizador e argumentista espanhol, admite sentir-se “muito animado e honrado pelo Leão de Ouro” e recorda a sua estreia internacional no Festival de Cinema de Veneza, em 1983, com o filme “Negros Hábitos”, lê-se no comunicado.

O cineasta agradece: “Este Leão irá tornar-se no meu animal de estimação, juntamente com os meus dois gatos. Obrigada do fundo do coração por me atribuírem este prémio”, pode ler-se no comunicado.

A propósito desta atribuição, Alberto Barbera considera que “Almodóvar não é apenas o maior e mais influente realizador espanhol desde [Luis] Buñuel, mas um cineasta que oferece retratos multifacetados, controversos e provocadores da Espanha pós-franquista.”

O diretor acrescenta que “Almodóvar se destaca, acima de tudo, por pintar retratos femininos incrivelmente originais, graças a uma empatia excecional que lhe permite representar o seu poder, riqueza emocional e fraquezas inevitáveis com uma autenticidade rara e comovente”.

Pedro Almodóvar, que nasceu em Calzada de Calatrava na região autónoma de Castilha-La Mancha e aos 17 anos foi para Madrid estudar cinema, realizou filmes como “Má Educação”, “A Pele Onde eu Vivo”, “Julieta”, “Volver”, entre outros, e algumas das suas produções foram adaptadas para peças de teatro e musicais.

Com “Tudo sobre a Minha Mãe”, de 1999, Almodóvar conquistou o seu primeiro Óscar, para Melhor Filme Estrangeiro, e foi distinguido como Melhor Realizador no Festival de Cinema de Cannes, em França.

Almodóvar voltou a ser premiado nos Óscares com “Fala com Ela”, de 2002, pelo argumento original do filme.

O filme “Dor e Glória” saiu este ano e é a última produção de Pedro Almodóvar com os atores António Banderas e Penélope Cruz no elenco principal.

RZDC/TDI // TDI

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS