Algarve tem um dos mais baixos índices de transmissão de covid no continente

O Algarve apresenta um dos mais baixos índices de transmissão da covid-19 no conjunto das regiões no continente, apesar do aumento de novos casos nos últimos dias, disse hoje o presidente da Administração Regional de Saúde.

Algarve tem um dos mais baixos índices de transmissão de covid no continente

Algarve tem um dos mais baixos índices de transmissão de covid no continente

O Algarve apresenta um dos mais baixos índices de transmissão da covid-19 no conjunto das regiões no continente, apesar do aumento de novos casos nos últimos dias, disse hoje o presidente da Administração Regional de Saúde.

Na conferência de imprensa quinzenal da Proteção Civil Distrital, em Loulé, Paulo Morgado adiantou que o Rt na região do Algarve é de 1,07, o que significa que cada pessoa infetada contagia, em média, 1,07.

“O Rt do Algarve é um dos mais baixos de todas as regiões do continente”, sublinhou, notando que a situação “está relativamente controlada” na região, mesmo apesar de se verificar um aumento diário de novos casos.

Também a delegada de Saúde regional de Faro, Ana Cristina Guerreiro, considerou que a situação no Algarve “é confortável, dadas as circunstâncias”, nomeadamente, o facto de ter havido muita mobilidade durante as férias de verão.

Segundo aquela responsável, a mobilidade, a realização de atividades e reencontros familiares — sobretudo com emigrantes ou pessoas de outras regiões -, são os fatores que mais têm contribuído para o aumento do número de casos.

Atualmente, o maior surto ativo no Algarve está relacionado com a equipa de futebol sénior do Louletano Desportos Clube, detetado no final de agosto e que provocou um total de 47 casos, entre elementos do clube e familiares.

Relativamente a um balanço do número de casos detetados durante o verão no Algarve, Ana Cristina Guerreiro disse que está prevista uma “análise técnica mais aprofundada”, mas, no entanto, numa “apreciação inicial”, a situação “correu o melhor possível”.

“Os nossos casos nos meses de julho e agosto estiveram bastante controlados”, frisou, notando que uma das preocupações das autoridades era um aumento de casos pela eventual transmissão do vírus nas praias, o que não se verificou.

Para a época de outono e inverno, a ARS/Algarve está a preparar um reforço das equipas, com a contratação de médicos, enfermeiros, técnicos de diagnóstico e assistentes técnicos e operacionais.

O Algarve tem hoje 10 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e Portugal 613, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), havendo a registar mais quatro mortos, relativamente a domingo.

A DGS indica que três mortes foram registadas na região Norte e uma na região de Lisboa e Vale do Tejo.

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 1.871 mortes e 64.596 casos de infeção.

Em vigilância estão 36.758 contactos, mais 360 em relação a domingo.

 

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS