ALERTA | Açores sob aviso amarelo devido ao mau tempo

ALERTA | Açores sob aviso amarelo devido ao mau tempo

Os grupos central e ocidental dos Açores estão sob aviso amarelo até ao final do dia de hoje devido à previsão de agitação marítima e vento forte, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

As ilhas do Corvo e Flores (grupo ocidental) e Graciosa, S. Jorge, Faial, Pico e Terceira (grupo central) estão sob aviso amarelo desde as 03:00 de hoje e até ao final do dia devido à agitação marítima e ao vento forte.

LEIA MAIS: Previsão do tempo para quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Segundo o IPMA, o aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, é emitido quando há uma “situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica”.

Na quarta-feira, a Capitania do Porto de Santa Cruz das Flores e a Capitania do Porto da Horta alertaram para a forte possibilidade de agravamento do estado do tempo e do mar hoje e sexta-feira.

Em comunicado, as capitanias adiantam que no que diz respeito à agitação marítima, estão previstas ondas com altura significativa entre os 4 e os 6 metros

Por isso, recomendam à comunidade marítima a adoção de medidas de precaução, verificando e reforçando a amarração, ou varando em lugar seguro as suas embarcações.

A população em geral deve evitar as zonas costeiras, em especial as expostas à agitação marítima.

O IPMA colocou também hoje, até às 12:00, sob aviso amarelo o arquipélago da Madeira devido à previsão de aguaceiros por vezes fortes.

No continente, os distritos de Vila Real, Viseu e Coimbra também estão sob aviso amarelo até às 09:00 de hoje por causa da chuva, que pode ser forte.

VEJA AINDA: Vem aí o outono: Descida das temperaturas e chuva começam esta semana

 

 

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

ALERTA | Açores sob aviso amarelo devido ao mau tempo

Os grupos central e ocidental dos Açores estão sob aviso amarelo até ao final do dia de hoje devido à previsão de agitação marítima e vento forte, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).