Acionado plano de emergência após rutura em barragem no Brasil

A rutura, hoje, de uma barragem em Brumadinho, município do estado de Minas Gerais, gerida pelo grupo mineiro Vale, obrigou à ativação do plano de emergência, desconhecendo-se oficialmente o registo de vítimas mortais.

Acionado plano de emergência após rutura em barragem no Brasil

Acionado plano de emergência após rutura em barragem no Brasil

A rutura, hoje, de uma barragem em Brumadinho, município do estado de Minas Gerais, gerida pelo grupo mineiro Vale, obrigou à ativação do plano de emergência, desconhecendo-se oficialmente o registo de vítimas mortais.

O corpo de bombeiros e a Defesa Civil foram mobilizados para o local, tendo sido ativado um plano de emergência, informou a empresa mineira em comunicado.

LEIA MAIS: ÚLTIMA HORA: Barragem da Vale rompe no Brasil. Mais de mil moradores evacuados [vídeo]

“A Vale informa que ocorreu, no início da tarde de hoje, o rompimento de uma barragem na Mina Feijão, em Brumadinho. As primeiras informações indicam que os resíduos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco (…) A Vale acionou o Corpo de Bombeiros e ativou o seu Plano de Atendimento a Emergências para Barragens”, refere o comunicado.

Fonte dos bombeiros, citada pela agência AFP, refere que testemunhos no local apontam para “vários mortos” na sequência deste incidente.

Há quase três anos, uma das barragens da empresa Samarco, controlada pelos acionistas Vale e BHP, rebentou na cidade de Mariana, no estado de Minas Gerais, originando uma torrente de lama que destruiu fauna, flora e construções ao longo de 650 quilómetros.

Aquele que é considerado o maior desastre ambiental do Brasil fez 19 mortos, além de ter deixado desalojadas milhares de famílias.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS