Mais de 500 acidentes aconteceram por distração. 38 deles por causa do telemóvel

Pelo menos um em cada cinco acidentes de viação ocorridos no primeiro semestre do ano deveram-se a distração dos condutores e em 38 casos foi o uso do telemóvel a provocar o desastre, segundo a PSP.

Mais de 500 acidentes aconteceram por distração. 38 deles por causa do telemóvel

Mais de 500 acidentes aconteceram por distração. 38 deles por causa do telemóvel

Pelo menos um em cada cinco acidentes de viação ocorridos no primeiro semestre do ano deveram-se a distração dos condutores e em 38 casos foi o uso do telemóvel a provocar o desastre, segundo a PSP.

Pelo menos um em cada cinco acidentes de viação ocorridos no primeiro semestre do ano deveram-se a distração dos condutores e em 38 casos foi o uso do telemóvel a provocar o desastre, segundo a PSP.

LEIA DEPOIS
Jovem de 21 anos morre em acidente no Eixo Norte-Sul em Lisboa

Os dados da PSP, que iniciou na segunda-feira uma operação direcionada para a fiscalização da utilização do telemóvel durante a condução, indicam que em 2.280 inquéritos abertos para analisar as causas dos acidentes ficou provado que em 508 casos foi a distração, associada ou não ao uso do telemóvel.

Ficou ainda provado que em 38 casos o acidente foi provocado pelo uso do telemóvel durante a condução, uma situação que aumenta quatro vezes o risco de ocorrência de desastres.

Uso de telemóvel na condução é tão nocivo quanto conduzir sob efeito de álcool

Segundo a PSP, usar o telemóvel durante a condução “possui efeitos tão nocivos como conduzir sob efeitos de álcool“. A Polícia de segurança Pública lembra ainda que a principal consequência de se utilizar o telemóvel durante a condução é a distração física (mão ocupada), visual (ao tirar os olhos da estrada), auditiva (pois “deixa de ouvir” o meio envolvente) e cognitiva.

Dos 2.280 inquéritos realizados, a PSP concluiu ainda que em 41 casos a fadiga foi a causa dos acidentes e que em 41 casos os condutores violavam os tempos de condução, pausas e períodos de repouso.

A operação PHONE OFF, que arrancou na segunda-feira, vai estar na estrada até domingo, no continente e regiões autónomas. No passado mês de maio, numa operação idêntica, a PSP detetou uma média de 52 infrações por dia (367 no total) por uso indevido do telemóvel durante a condução.

LEIA MAIS

Furacão Lorenzo deverá passar com categoria 1 nos Açores

Ana Gomes constituída arguida por «ofensa a pessoa coletiva»

 

Impala Instagram


RELACIONADOS