A música de Kiko Dinucci, Vessel e keiyaA na programação do gnration em Braga

A estreia a solo em Portugal do brasileiro Kiko Dinucci, num concerto marcado para 07 de dezembro, é um dos destaques da programação para o último trimestre deste ano do gnration, em Braga, foi hoje anunciado.

A música de Kiko Dinucci, Vessel e keiyaA na programação do gnration em Braga

A música de Kiko Dinucci, Vessel e keiyaA na programação do gnration em Braga

A estreia a solo em Portugal do brasileiro Kiko Dinucci, num concerto marcado para 07 de dezembro, é um dos destaques da programação para o último trimestre deste ano do gnration, em Braga, foi hoje anunciado.

Em comunicado, o gnration destaca ainda os concertos da holandesa DJ Marcelle, com um ‘set’ especial para plateia sentada (08 de outubro), e do produtor britânico de música eletrónica Vessel, que atuará com a violinista Rakhi Singh e com um quarteto de cordas de Braga.

Vessel atuará no âmbito da sexta edição do OCUPA, evento que é montra para a música eletrónica e a arte digital produzida em Braga, e que está marcado para 17 e 18 de dezembro.

A programação do gnration para o último trimestre de 2021 inclui ainda, no dia 28 de novembro, a estreia em Portugal da cantora e produtora norte-americana keiyaA, para apresentar o seu disco “Forever, Ya Girl”.

A norueguesa Jana Winderen (16 de outubro) e os portugueses Sensible Soccers (13 de novembro) e Maria Reis (04 de dezembro) são outros dos destaques do gnration, um ‘hub’ criativo situado num antigo quartel da GNR.

Além de música, a programação do gnration para o pós-verão passa ainda por cinema, exposições, dança e conversas, num regresso “cada vez mais próximo ao programa pré-pandemia”.

No programa de exposições, os artistas britânicos Haroon Mirza e Jack Jelfs apresentam, a partir de 08 de outubro, “The Wave Epoch”, uma exposição multimédia e imersiva, acompanhada de um disco e filme que conta com a colaboração do músico GAIKA.

Já na galeria INL, que relaciona arte e nanotecnologia, desenvolvida em parceria com Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, o coletivo português Openfield apresentará, a partir de 16 de outubro, a instalação “Message”, construída em residência artística naquele laboratório sediado em Braga.

Pensado exclusivamente para o formato ‘online’, Órbita, um novo ciclo de programação do gnration, que apresenta novas obras encomendadas onde são estabelecidas pontes com o programa presencial com foco nos domínios da música, arte e tecnologia, dará a conhecer novos trabalhos de Medusa Unit (23 outubro), Raw Forest (17 novembro) e Cave Story (17 dezembro).

As peças vídeo serão disponibilizadas gratuitamente através do ‘site’, do canal YouTube e das redes socais do gnration.

Jesse James e Sofia Botelho, do festival açoriano Walk & Talk, são os convidados para a quinta edição de Territórios Periféricos e Criação Contemporânea, um ciclo de conversas que tem como intuito promover uma reflexão sobre o que significa desenvolver programação centrada na contemporaneidade fora dos dois grandes polos urbanos do país.

A conversa decorre na tarde de 16 de outubro.

Na dança, o laboratório de ‘transcriação’ coreográfica Guelra, desenvolvido pela Arte Total, convida o coreógrafo e bailarino português Francisco Camacho para uma “Viagem Sentimental”, projeto que será desenvolvido ao longo de uma semana em contexto de residência artística e apresentado ao público a 11 de dezembro.

Nos dias 17 e 18 de dezembro, decorrerá a sexta edição do OCUPA, evento que é montra para a música eletrónica e a arte digital produzida em Braga.

O evento ocupará vários espaços do gnration com concertos, conversas e instalações.

No programa contam-se a instalação “Limbo”, de João Carlos Pinto e Sarah Degenhardt, e concertos de Cody XV com Daniel Martinho, Fura Olhos, de Inês Malheiro e Miguel Pedro, assim como a apresentação pública das sessões de exploração e improvisação Clube de Inverno, que, nesta edição, serão coordenadas pelo músico Paulo Furtado e pelo cineasta Rodrigo Areias, além do espetáculo de Vessel.

Em outubro, o gnration acolherá ainda dois festivais bracarenses, designadamente os Encontros da Imagem, dedicados à fotografia e à arte visual, e o Semibreve, dedicado à música eletrónica e à arte digital.

VCP // MAG

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS