Só daqui a mais de 200 anos é que as mulheres vão ganhar o mesmo que os homens

Só daqui a mais de 200 anos é que as mulheres vão ganhar o mesmo que os homens

A disparidade salarial entre homens e mulheres ainda é uma realidade bem presente e parece que vai continuar a sê-lo nos próximos anos

De acordo com dados do Fórum Económico Mundial, vão ser precisos 202 anos para que as mulheres ganhem o mesmo que os homens. Apesar de os números indicarem uma melhoria no que diz respeito às desigualdades existentes entre homens e mulheres, a disparidade salarial está (muito) longe de estar resolvida.

LEIA MAIS: PSD quer combater desigualdades no acesso ao Ensino Superior

No entanto, os números mostram que a diferença de ordenados entre os dois sexos melhorou bastante em comparação com o ano anterior, segundo este novo relatório.

No ranking da igualdade de género, a Islândia é o grande vencedor pelo décimo ano consecutivo. A Noruega encontra-se em segundo lugar e a Suécia em terceiro. De seguida, está a Finlândia, em quinta posição Nicarágua e em sexta Ruanda. No sétimo lugar está a Nova Zelândia, oitavo as Filipinas, a Irlanda em nono e, para terminar, a Namíbia encontra-se em décimo lugar.

VEJA AINDA: A própria casa é o “lugar mais perigoso para as mulheres”

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Só daqui a mais de 200 anos é que as mulheres vão ganhar o mesmo que os homens

A disparidade salarial entre homens e mulheres ainda é uma realidade bem presente e parece que vai continuar a sê-lo nos próximos anos