Pelo menos 15 mortos e 4 feridos num tiroteio em discoteca no México

Um ataque à mão armada numa discoteca na cidade de Salamanca, estado de Guanajuato, no centro do México, fez pelo menos 15 mortos e quatro feridos.

Pelo menos 15 mortos e 4 feridos num tiroteio em discoteca no México

Pelo menos 15 mortos e 4 feridos num tiroteio em discoteca no México

Um ataque à mão armada numa discoteca na cidade de Salamanca, estado de Guanajuato, no centro do México, fez pelo menos 15 mortos e quatro feridos.

Um ataque à mão armada numa discoteca na cidade de Salamanca, estado de Guanajuato, no centro do México, fez pelo menos 15 mortos e quatro feridos, informaram este sábado, 9 de março, as autoridades locais. “Quinze homens perderam a vida”, disse Juan José Martinez, porta-voz do Ministério Público, à AFP.

Segundo os primeiros relatos, vários homens armados chegaram na noite de sexta-feira para sábado frente ao estabelecimento “La Playa” na cidade de Salamanca e abriram fogo contra clientes e funcionários antes de fugirem, segundo Juan José Martinez. As causas do ataque são ainda desconhecidas.

O tiroteio ocorreu numa altura em que a polícia lançou uma grande operação naquele estado contra um poderoso grupo criminoso especializado em roubo de combustíveis. O presidente mexicano, López Obrador, que tomou posse a 1 de dezembro, lançou uma ofensiva contra os roubos de combustível que custaram à empresa estatal Pemex cerca de três mil milhões de dólares, levando a violência generalizada.

No início de fevereiro, na cidade de Salamanca, um veículo contendo uma falsa bomba foi abandonado em frente a uma refinaria. Cartazes exigindo a libertação de supostos criminosos, recentemente, detidos como parte da estratégia nacional de López Obrador contra o roubo de combustível, e pedindo a retirada de soldados enviados a Guanajuato, foram descobertos nas proximidades.

Os cartazes foram assinados pelo suposto líder de um grupo criminoso de Santa Rosa de Lima, que ameaça atacar militares e civis se as suas reivindicações não forem ouvidas. O México registou um número recorde de incidentes violentos em 2018, com 33.341 homicídios, o maior número desde o início das estatísticas em 1997.

LEIA MAIS
Rosa Grilo: «[O Luís] Espancou-me enquanto eu dormia. Acordei com murros»
Previsão do tempo para domingo, 10 de março

Impala Instagram


RELACIONADOS