Atentado de Barcelona: Autor do atropelamento nas Ramblas foi abatido em Cambrils (em atualização)

Saiba tudo sobre os dois atentados em Barcelona que fizeram 14 vítimas mortais e mais de uma centena de feridos.

Atentado de Barcelona: Autor do atropelamento nas Ramblas foi abatido em Cambrils (em atualização)

Saiba tudo sobre os dois atentados em Barcelona que fizeram 14 vítimas mortais e mais de uma centena de feridos.

Uma carrinha atropelou várias pessoas no centro da cidade de Barcelona, na famosa zona turística das Ramblas, perto do mercado de Boqueria, por volta das 17h (16h em Lisboa) na passada quinta-feira, 17 de agosto. A polícia catalã (Mossos d’Esquadra) confirmou que os atropelamentos trataram-se de dois ataques terroristas.

O porta-voz da pasta do interior do governo catalão Joaquim Forn confirmou que o atropelamento fez 13 vítimas mortais e mais de 80 feridos, durante os 530 metros percorridos pelo veículo.

No entanto, as autoridades catalãs revelaram que uma mulher que estava internada em estado crítico, numa unidade hospitalar devido ao atentado, morreu durante a manhã desta sexta-feira, 18 de agosto, subindo o número de mortos para 14. O número feridos também subiu para 135, cujo 16 estão em estado crítico e 46 em estado grave, avançou o responsável pelo departamento de Saúde da Catalunha, Antoni Comín. 

Autor do atropelamento nas Ramblas foi abatido em Cambrils

Segundo o El País, fontes policiais confirmam que o condutor da carrinha, que atropelou mais de uma centena de pessoas, foi um dos terroristas abatidos no tiroteio no atentado em Cambrils.

Polícia espanhola procura quatro jovens possivelmente implicados nos atentados e revela fotografias dos mesmos

Os quatros suspeitos procurados pelas autoridades têm entre 17 e 24 anos e de acordo com um comunicado interno da polícia, a que o El País teve acesso, todos os presumíveis terroristas residem na região de Girona, em Espanha. Entre os suspeitos encontra-se Moussa Oukabir, o jovem de apenas 17 anos, irmão de Driss Oukabir Soprano, um dos detidos.

Os outros três são: Said Aalla, de 19 anos, Mohamed Hychami, de 24 e Younes Abouyaaqoub, de 20. Os últimos dois suspeitos referidos são ambos naturais de Marrocos.

Confirmado norte-americano entre as vítimas mortais

O secretário de Estado dos Estados Unidos da América, Rex Tillerson, confirmou que entre as vítimas mortais dos atentados em Barcelona, encontra-se um cidadão norte-americano.

Reveladas informações sobre os terroristas abatidos

Segundo as autoridades locais, os alegados terroristas que morreram no ataque de Cambrils transportavam armas brancas e chegaram a esfaquear, na cara, uma pessoa que se encontrava no local. Também foi encontrado um machado no veículo utilizado no atropelamento.

Dos cinco suspeitos abatidos pela polícia catalã, quatro foram mortos por um agente apenas.

“Matar quatro pessoas, mesmo que se seja um profissional, não é algo fácil de digerir”, referiu o chefe dos Mossos.

Autoridades catalãs revelam que ataques foram preparados em Alcanar, perto de Barcelona

O chefe da polícia da Catalunha confirmou que os atentados terroristas foram arquitectados numa pequena localidade perto de Barcelona. Segundo as autoridades, foi encontrado material explosivo numa casa em Alcanar, tendo mesmo ocorrido uma explosão na passada noite de quarta-feira, que provocou uma vítima mortal.

Josep Lluis Trapero, responsável pelos Mossos d’Esquadra, ainda informou que nenhum dos suspeitos detidos “tem antecedentes” criminosos ou ligações a movimentos terroristas ou radicais. Entre os 21 e 34 anos, três dos suspeitos são de origem marroquina e um dos detidos é de nacionalidade espanhola. 

O primeiro-ministro espanhol e o líder idependentista da Generalitat da Catalunha realizam reunião de emergência

O primeiro-ministro espanhol Mariano Rajoy está reunido, neste momento, com o líder independentista da Generalitat da Catalunha Carles Puigdemont. O encontro tem como objectivo encontrar respostas para os atentados de Barcelona.

Polícia catalã confirma detenção de quarto suspeito

Mossos d’Esquadra confirmaram que foi detido um quarta suspeito. Dois dos alegados terroristas já tinham sido detidos, um em Ripoll e outro em Alcanar.

Autoridades francesas anunciam reforço na fronteira com Espanha

A polícia francesa revelou que reforçou o controlo nas zonas fronteiriças com Espanha, com o objectivo de impedir eventuais fugas de elementos da célula terrorista que operou os ataques em Barcelona. Recordamos que o principal suspeito está ainda em fuga.

“Pode ser que haja ainda outros membros dessa célula” em fuga, revelou o ministro do Interior, Gérard Comb.

Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa lamentou morte de vítima portuguesa

Em declarações à RTP, o Presidente da República referiu a morte da mulher portuguesa, vítima do atentado em Barcelona. Marcelo Rebelo de Sousa disponibilizou todo o apoio necessário à família da vítima mortal e da jovem desaparecida.

“Não queria deixar de exprimir desde já, em nome de todos os portugueses, essa dor, esse pesar pela morte de uma concidadã numa tragédia provocada pelo terrorismo e que ceifou mais vítimas”

Primeiro-ministro António Costa confirma morte de portuguesa

António Costa falou esta manhã para todos os portugueses e confirmou que há uma portuguesa vítima mortal do ataque terrorista ontem ocorrido em Barcelona”.

“Obviamente ao falecimento de uma cidadã portuguesa só reforça a dor que todos partilhávamos com o povo espanhol e confirma que o terrorismo é uma ameaça global que impede sobre todos nós”.

Portuguesa entre as vítimas mortais e outra desaparecida

Uma mulher, 74 anos, de nacionalidade portuguesa, residente em Lisboa, é uma das 14 vítimas mortais do ataque registado esta quinta-feira, em Bercelona. A mulher portuguesa desaparecida tem 20 anos e é a neta da vítima mortal. Saiba mais AQUI.

Primeiras vítimas identificadas

Já foram divulgadas as identidades de algumas das 14 vítimas mortais do atentado de Barcelona:

  • Francisco López Rodríguez: 60 anos, residente em Granada. A sua mulher encontra-se entre os feridos, em estado grave. A sobrinha da mulher e o filho morrem.

Bruno Gulotta: 35 anos, pai de dois filhos, italiano.

Elke Vanbockrijck: 44 anos, belga.

O jornal El País avançou que uma criança do sexo masculino, com apenas três anos, também se encontrava entre as vítimas mortais. O menino vivia em Rubí, perto de Barcelona.

Homenagem às vítimas na Praça da Catalunha

Durante a manhã desta sexta-feira, milhares de pessoas, incluindo o Rei Filipe VI de Espanha e o presidente do Governo espanhol Mariano Rajoy prestaram homenagem às vítimas dos atentados na Praça da Catalunha, em Barcelona. Foi cumprido um minuto de silêncio.

Ramblas voltam à normalidade

Em menos de 24 horas, as Ramblas voltaram hoje à normalidade e à livre circulação, apesar dos reforços de segurança implementados pelas forças policiais. Desde as 15h (14h em Lisboa) que foram levantadas as restrições colocadas no tráfego do centro da cidade. As estações de metro também já foram reabertas.

O presumível autor do atentado tem 17 anos

O jornal espanhol “El Mundo” avançou a identidade do presumível autor do atentado de Barcelona: Moussa Oukabir. O jovem, de apenas 17 anos, é irmão de Driss Oukabir Soprano, um dos detidos em Ripoll (Girona). O jovem está em fuga.

Confirmada ligação entre os dois ataques

O Governo regional da Catalunha declarou que o ataque nas Ramblas está relacionado ao da estância balnear de Cambrils.

Segundo atentado em Cambrils

Volvidas horas do atropelamento nas Ramblas, durante a madrugada de 18 de agosto, foi dado o alerta de outro ataque terrorista na estância balnear de Cambrils, a 117 km quilómetros de Barcelona. Segundo as autoridades, cinco homens com explosivos no corpo atropelaram várias pessoas no centro desta localidade catalã. As forças policiais acabaram por abater quatro dos suspeitos, no local e detonou os explosivos. O quinto suspeito acabou por morrer horas mais tarde, já depois de detido. O ataque causou sete feridos, um encontra-se em estado grave.

O veículo utilizado neste ataque tratava-se de um Audi A3 que foi retirado da via, durante a manhã desta sexta-feira, já parcialmente destruído.

Conhecidas as nacionalidades das vítimas

Na mais recente informação das autoridades, dada à 1h00 da madrugada (00h00 em Lisboa), citada pela agência France Press (AFP), as vítimas são nacionais da França, Alemanha, Espanha, Holanda, Argentina, Venezuela, Bélgica, Austrália, Hungria, Peru, Irlanda, Grécia, Cuba, Macedónia, China, Itália, Roménia e Argélia.

Português escapa por pouco a atentado

O nutricionista português Alexandre Fernandes estava no local do ataque e partilhou imagens chocantes momentos após o atropelamento. Alertamos que o vídeo que se segue pode chocar os mais sensíveis. Para ver clique AQUI.

Atentado reivindicado pelo Estado Islâmico

O autoproclamado Estado Islâmico reivindicou o atentado que ocorreu esta tarde em Barcelona, segundo avança a Reuters.

Imprensa espanhola avança novidades sobre os suspeitos

A imprensa espanhola avança que um terceiro suspeito foi capturado pelas autoridades catalãs. Segundo o jornal catalão La Vanguardia, um segundo suspeito foi morto durante uma troca de tiros com as autoridades, em Sant Just Desvern, nos arredores de Barcelona.

Polícia confirma detenção de suspeito

Os Mossos d’Esquadra confirmaram a detenção de um individuo, através de uma publicação oficial nas redes sociais. Na mesma mensagem, as autoridades negaram a existência de suspeitos barricados num restaurante ou bar no centro de Barcelona.

Autoridades desmentem a existência de homens barricados em restaurante turco

A Reuters avançou que dois homens armados encontram-se barricados no restaurante turco Luna de Istambul, a 100 metros do local do atropelamento, na zona alta das movimentadas ruas das Ramblas.

Forças policiais revelam fotografia de suspeito

Barcelona

A polícia de Barcelona revelou uma imagem do suspeito do atropelamento. O possível terrorista chama-se Driss Oukabir Soprano.

A imprensa espanhola adianta, ainda, que as autoridades catalãs referiram que o suspeito é um individuo de um metro e setenta com uma camisa branca às riscas azuis. O suspeito terá, ainda, disparado alguns tiros durante a fuga.

Polícia confirma ataque terrorista

Segundo as declarações de testemunhas prestadas ao jornal El País, uma carrinha branca foi contra várias pessoas que se encontravam na zona pedonal. Após o atropelamento, o condutor terá saído do veículo e fugido a pé. Testemunhas avançam que as vítimas estavam a atravessar uma passadeira de peões.

 

 

 

 

Veja também:

Impala Instagram

Mais

RELACIONADOS