Jogador marroquino acusado de homicídio

Amine Harit está envolvido num caso de um atropelamento mortal na cidade de Marraquexe, Marrocos.

Jogador marroquino acusado de homicídio

Jogador marroquino acusado de homicídio

Amine Harit está envolvido num caso de um atropelamento mortal na cidade de Marraquexe, Marrocos.

O futebolista internacional marroquino Amine Harit vai começar a ser julgado em 11 de julho por homicídio involuntário, na sequência de um atropelamento mortal em Marraquexe no fim de semana passado.

Segundo o portal de notícias hespress.ma, o jogador marroquino, que participou recentemente no Mundial2018, pagou uma fiança de 10.000 dirhams (cerca de 900 euros) para evitar a prisão preventiva.

LEIA MAIS: Confrontos no Norte de Marrocos depois da condenação de líderes de protesto

O acidente foi amplamente noticiado pela imprensa marroquina, com a publicação de fotos da vítima e do veículo envolvido e com informações sobre o estado psicológico do futebolista após o sucedido.

A comunicação social marroquina refere que o jogador, que alinha nos alemães do Schalke 04, está em negociações com a família da vítima para tentar chegar a um acordo e evitar o julgamento.

LEIA MAIS: Mundial 2018 por Nuno Farinha: O Mundial de todas as desilusões

O médio estava em Marraquexe de férias, depois de ter disputado o Mundial2018, competição na qual a seleção marroquina ficou integrada no grupo B, juntamente com Portugal, Irão e Espanha.

Harit, que foi suplente na derrota por 1-0 frente a Portugal, foi eleito o melhor jogador do encontro com o Irão, que os marroquinos perderam por 1-0.

Impala Instagram


RELACIONADOS