Bruno Alves garante

Bruno Alves garante “motivação e disponibilidade” para representar seleção portuguesa

O defesa internacional português Bruno Alves manifestou hoje a sua disponibilidade para continuar a representar a seleção portuguesa de futebol, garantindo a mesma motivação, apesar dos seus 36 anos.

Póvoa de Varzim, Porto, 07 jul (Lusa) – O defesa internacional português Bruno Alves manifestou hoje a sua disponibilidade para continuar a representar a seleção portuguesa de futebol, garantindo a mesma motivação, apesar dos seus 36 anos.


“Estou sempre disponível para ajudar a seleção se precisarem de mim. Vou manter a mesma mentalidade que me motivou todos estes anos na seleção, valorizando cada treino e cada jogo”, garantiu o central.


Bruno Alves, que hoje foi homenageado pela cidade da Póvoa de Varzim, de onde é natural e mantém raízes, na inauguração de um parque lúdico e de jogos, ‘batizado’ com o seu nome, na marginal da localidade, fez um balanço mais a frio da prestação de Portugal no recente Campeonato do Mundo, na Rússia.


“Acreditava que Portugal fosse mais longe, mas não foi possível, porque nem sempre conseguimos alcançar o que queremos. Esta experiência pode ajudar-nos a melhorar no futuro, acreditando que com os jogadores e a estrutura que a seleção tem, Portugal pode fazer melhor”, analisou.


Bruno Alves reconheceu que está a ser um Mundial atípico pela prematura eliminação de seleções consideradas favoritas, lembrando que “a diferença de qualidade entre seleções não é tão grande, porque, hoje em dia, todas têm boas estruturas”.


O defesa foi ainda instando a comentar a possível transferência do “amigo” Cristiano Ronaldo para a Juventus, de Itália, considerando que seria importante um novo desafio para a carreira do capitão da seleção.


“Se for essa a escolha dele, desejo-lhe a melhor sorte. Estou sempre a torcer por ele independentemente de onde jogue. Tendo estado ao seu lado em tantas batalhas e jogos ao longo de doze anos, sei que ele gosta de se motivar e é importante ter um novo desafio”, analisou.


Bruno Alves conhece o campeonato italiano, uma vez que há duas épocas alinhou no Cagliari, e, por isso, não têm dúvidas que adaptação do Cristiano Ronaldo ao ‘Calcio’ seria fácil.


“Não há nenhum campeonato onde ele [Cristiano Ronaldo] não possa ter sucesso. Já demonstrou várias vezes que pode ganhar em qualquer lugar. Em Itália não será diferente”, afirmou.


O experiente defesa, que está vinculado ao Glasgow Rangers, da Escócia, poderá também estar a caminho do campeonato italiano, pelo interesse que o Parma demonstrou na sua contratação.


Apesar de não confirmar que a transferência possa acontecer, Bruno Alves já antecipou o duelo com Cristiano Ronaldo na Série A italiana.


“Quem sabe? Já fomos muitas vezes adversários nos treinos [risos]. Para mim era bom regressa a Itália, é um bom campeonato. Ainda não tenho nada definido. Tenho contrato com o Glasgow Rangers e estou a ver qual a melhor opção para a minha carreira”, partilhou.


Sobre a homenagem que lhe foi prestada pelo município, ao dar o seu nome a um parque lúdico e desportivo na marginal da cidade, Bruno Alves mostrou-se “honrado”, e não conteve a emoção na altura de discursar.


“A cidade esteve sempre ao meu lado quando precisei de apoio para poder alcançar o meu sonho. Saí da Póvoa de Varzim para o mundo, mas estou sempre de regressou. Acredito que esta cidade tem todos os recursos para ajudar a formar as novas gerações de atletas”, disse Bruno Alves.


O presidente da autarquia poveira, Aires Pereira, considerou que este ato se trato “de uma justa homenagem a um cidadão e um atleta que é uma referência para todos os jovens”, apontando Bruno Alves “como um grande embaixador da Póvoa de Varzim”.



JPYG // NFO

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Bruno Alves garante “motivação e disponibilidade” para representar seleção portuguesa

O defesa internacional português Bruno Alves manifestou hoje a sua disponibilidade para continuar a representar a seleção portuguesa de futebol, garantindo a mesma motivação, apesar dos seus 36 anos.