Treino de eletroestimulação. O que é e porque tem cada vez mais adeptos?

O treino de eletroestimulação muscular tem conquistado muitos fãs no que toca à prática desportiva – muitos deles convencidos pelas sessões de treino rápidas e intensas, de 20 minutos.

Treino de eletroestimulação. O que é e porque tem cada vez mais adeptos?

Treino de eletroestimulação. O que é e porque tem cada vez mais adeptos?

O treino de eletroestimulação muscular tem conquistado muitos fãs no que toca à prática desportiva – muitos deles convencidos pelas sessões de treino rápidas e intensas, de 20 minutos.

Na verdade, a eletroestimulação muscular é originária na área da reabilitação e fisioterapia, mas tem vindo a reinventar-se até se tornar uma das mais recentes e inovadoras formas de praticar desporto. O Urban Sports Club e o seu parceiro de treino de electroestimulação, o OneStudio, explica alguns dos benefícios e vantagens e locais onde experimentar.

Treinos mais curtos e com a mesma – ou até mais – intensidade

Um dos fatores mais reconhecidos ao treino de electroestimulação poderá ser, de facto, a duração das sessões de treino: a tecnologia deste tipo de treino é responsável por enviar impulsos elétricos diretamente para o músculo – o que promove a contração muscular e a ativação de vários grupos musculares. Nesse sentido, é natural vermos sessões de treino de muito curta duração com um gasto calórico elevado.

“Cada sessão tem a duração de 20 minutos, seguidos de 3 a 5 minutos de um programa anticelulítico ou relaxamento, que também é feito por electroestimulação”, explica Cristiana Branco, proprietária e Personal Trainer do Onestudio Vila do Conde. “Por serem sessões muito intensas, a recomendação é que se pratique apenas duas a três sessões por semana, no máximo, com um intervalo de recuperação nunca inferior a 48 horas”, conclui.

Estímulo para o cérebro

Estimula a concentração e o cérebro

A estimulação a que todo o corpo fica sujeito vai exigir aos praticantes um maior rigor a nível do cumprimento dos movimentos – daí que, na maioria das vezes, os exercícios praticados nestas sessões sejam realizados de forma mais lenta ou com menor impacto. Nesse sentido, o treino por electroestimulação pode contribuir para a plasticidade cerebral e aumento da capacidade de concentração e memória.

“Além disso, trata-se de um treino de baixo impacto articular, que reduz a tensão e as lesões, ajudando no aumento da força e resistência, no fortalecimento dos músculos do core e no melhoramento da postura”, continua Cristiana. “As vantagens são evidentes. Com menos tempo fazem-se treinos muito eficazes, e através da electroestimulação consegue-se aumentar o metabolismo, levando a um consequente gasto calórico elevado” remata.

Acompanhamento personalizado

As sessões de treino por electroestimulação são sempre acompanhadas e orientadas por um profissional, que adapta o plano de treino a cada aluno e garante que é cumprido da forma mais eficiente possível em cada aula. Este acompanhamento, além de tornar a modalidade mais segura, pode contribuir também para a obtenção de resultados mais rapidamente.

Créditos: Adagietto

Saiba por que razão deve fazer uma caminhada após as refeições
Efetuar uma caminhada depois das principais refeições é excelente para a saúde. É também uma ajuda para perder peso. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS