Estes são os sintomas de covid-19 mais comuns em pessoas totalmente vacinadas

Novo estudo dá a conhecer os sintomas de covid-19 que são mais comuns entre as pessoas infetadas que estão totalmente vacinadas.

Estes são os sintomas de covid-19 mais comuns em pessoas totalmente vacinadas

Estes são os sintomas de covid-19 mais comuns em pessoas totalmente vacinadas

Novo estudo dá a conhecer os sintomas de covid-19 que são mais comuns entre as pessoas infetadas que estão totalmente vacinadas.

Um novo estudo vem dar a conhecer os sintomas de covid-19 em pessoas totalmente vacinadas. Trata-se de um trabalho publicado na Science Translational Medicine, que tem eco no Times of India. Foram analisados dados de mil casos da variante Delta do novo coronavírus na população maioritariamente vacinada em Provincetown, Massachusetts, Estados Unidos da América. O trabalho remonta a julho de 2021.

Número de mortes atribuídas à doença em níveis de março de 2020
ATUALIDADE O número de mortes atribuídas à covid-19 diminuiu 23 por cento na semana passada, com 32.959 óbitos declarados, o número mais baixo desde março de 2020 (… leia mais aqui)

Os dados permitem concluir que 74% dos casos de infeção aconteceram em pessoas com as vacinas Pfizer/Biontech, Moderna ou Johnson. Sendo a maior parte das incidências detalhada como leve ou moderada. A equipa que realizou o estudo dedicou especial atenção a 39 indivíduos. Entre estas estavam 16 com vacinação completa que testaram positivo. E ainda 23 que testaram negativo. Realce para o facto da maioria dos alvos de estudo serem homens caucasianos. E ainda o facto de que os vacinados infetados eram mais novos do que os vacinados não infetados.

Sintomas mais comuns em pessoas vacinadas

É destacado ainda que as pessoas que testaram positivo tinham sintomas que acabavam por ser comuns. O estudo norte-americano dá ênfase à lista que se segue.

– Tosse persistente;
– Dor de garganta;
– Corrimento nasal;
– Espirros;
– Falta de ar;
– Dor no peito;
– Rouquidão.
-Febre.

Perda de paladar e olfato

Também a perda de olfato e paladar é mencionada pelo estudo. Sendo referido que é bastante comum entre os infetados com a variante Delta. É realçado que o fenómeno conhecido como anosmia está muito presente em pessoas vacinadas.

Texto: Bruno Seruca; Fotos: Shutterstock

Impala Instagram


RELACIONADOS