Sexo: Doze práticas mais atrevidas para um 2023 cheio de emoção

Liberte-se das rotinas e parta à descoberta de novos horizontes para a sua relação.

Sexo: Doze práticas mais atrevidas para um 2023 cheio de emoção

Sexo: Doze práticas mais atrevidas para um 2023 cheio de emoção

Liberte-se das rotinas e parta à descoberta de novos horizontes para a sua relação.

O ano é novo, mas há coisas que não mudam nas relações e na intimidade sem que haja iniciativa. Está nas mãos de cada um, o poder de acabar com rotinas do passado, de criar novas situações e de dar vida ao que está prestes a sucumbir. “Dê um novo alento à sua relação, ao acabar com a ideia de que o sexo tem de ser sempre igual. Desprenda-se do que está para trás, de preconceitos, tabus, receios ou vergonhas, porque a intimidade é para ser vivida de forma livre e criativa”, aconselha Irina Marques, especialista em Sexologia Educacional e diretora da Flame Love Shop, marca portuguesa de artigos para a sexualidade.

Para ler depois
10 comportamentos que indicam que é viciado em sexo
Existem diversas pessoas que pensam na eventualidade de serem viciadas em sexo. E a verdade é que este não é um tema em que todos estejam de acordo. (… continue a ler aqui)

As práticas kinky (ou excêntricas) podem ser uma oportunidade para quem está à procura e quer explorar novos caminhos na sexualidade. O kinky não é uma moda ou um movimento, é uma forma de viver a sexualidade totalmente “fora da caixa”. “Ser diferente no sexo não significa que existe um problema, obviamente com exceção do que não é saudável ou signifique um transtorno parafílico. Se assente no diálogo, na confiança e no mútuo acordo, as práticas kinky podem ser muito benéficas para o casal”, acrescenta Irina Marques.

Experimente estas 12 sugestões de práticas kinky para um ano cheio de emoção:

1. King Out

Explore todas as possibilidades do sexo sem penetração, dando foco às suas zonas mais sensíveis e àquilo que o/a excita verdadeiramente. O King Out é uma prática que tem ainda os benefícios de melhorar a comunicação e permitir o orgasmo a quem não o consegue da forma convencional.

2. Dogging

Exibicionismo, voyeurismo ou swing, no dogging há um pouco de cada. Esta prática de fazer sexo em público, com desconhecidos, enquanto outros observam, pode ser um novo desafio para os casais mais liberais, com relações consolidadas e cúmplices.

3. Kokigami

Criatividade é o que se impõe nesta arte ou jogo sexual japonês, que consiste em embrulhar ou disfarçar o pénis com origami (as conhecidas figuras feitas de papel), para depois ser oferecido ao/a parceiro(a). É uma forma de surpreender o outro com uma prenda “picante” e bem especial.

4. BDSM, Shibari ou Kinbaku

Descubra os prazeres de encarnar os papéis de dominador ou de dominado, através das práticas de bondage e disciplina, dominação e submissão, sadomasoquismo (BDSM). Descubra ainda o Shibari, a arte japonesa de amarrar alguém com cordas, e do Kinbaku, em que essa arte é associada a uma vertente mais emocional.

5. Encenações, objetos e disfarces

Torne reais as fantasias do casal, ao entrar na pele de personagens e encenar diferentes histórias. Não se restrinja na criatividade, procure tudo o que possa tornar a experiência o mais real possível, entre objetos relacionados com o argumento e os disfarces que os aproximem dos personagens.

6. Estimulação com texturas

Use e abuse de materiais com diferentes texturas, que possam trazer novas sensações. Penas, peles, seda e outros tecidos, algo mais macio ou áspero, húmido ou seco, vale tudo para obter mais prazer. E, se acrescentar uma venda, aumenta a sensação.

7. Filmes caseiros

Se está preparado(a) para ser protagonista, talvez seja a altura de pensar em produzir o seu ou os seus próprios filmes caseiros. Viva toda a emoção de criar o argumento, os personagens e a ação, de preparar e filmar cada ângulo, e, depois, de assistir à história em tela grande.

8. Menu erótico e sexual

Crie a sua própria ementa erótica e sexual, e ofereça ao/a seu/sua parceiro(a) a oportunidade de experimentar novas “iguarias”. Tal como um menu de restaurante, dê nome às opções e descreva, de forma criativa, o que as compõem. Depois, é só saber o que o outro vai querer como “prato do dia”.

9. Strap-on

Este brinquedo, que consiste num género de cinto com um dildo ou vibrador acoplado, destina-se à penetração e pode ser utilizado por ambos os sexos. Se o seu companheiro está renitente sobre esta prática, é importante dialogar e ir devagar.

10. Swing, trios, grupos e bonecos

Trazer novos elementos para a intimidade pode ajudar a sair da rotina e garantir mais emoção. Se estiverem preparados, podem descobrir a troca de casais e o sexo a três ou em grupo. Para quem não quer ir tão longe, os bonecos sexuais trazem novas possibilidades.

11. Jogos de comida

A comida está ao lado dos prazeres carnais, por isso não descure também esta opção para apimentar a relação. Leve para a intimidade as sensações frias, quentes ou à temperatura ambiente de gelados, chocolate, natas, mel, ostras ou frutos.

12. Brinquedos, máquinas e aparelhos

As máquinas e a tecnologia ajudam-nos em muitas dimensões da nossa vida e trazem novos horizontes à intimidade. Experimente o poder dos brinquedos eróticos, das máquinas sexuais e de outros aparelhos que possam amplificar o prazer.

Impala Instagram


RELACIONADOS