Sete truques para acabar com o sedentarismo de uma vez por todas

Portugal está entre os países mais sedentários do mundo e estes sete truques ajudam a acabar com o sedentarismo de uma vez por todas.

Sete truques para acabar com o sedentarismo de uma vez por todas

Sete truques para acabar com o sedentarismo de uma vez por todas

Portugal está entre os países mais sedentários do mundo e estes sete truques ajudam a acabar com o sedentarismo de uma vez por todas.

As notícias não são nada simpáticas. Portugal está entre os 11 países mais sedentários do mundo. De acordo com o Relatório Anual do Programa Nacional para a Promoção da Atividade Física, da Direção Geral de Saúde, apenas 5% dos portugueses pratica desporto de forma regular. É um número verdadeiramente assustador, até pelos riscos que o sedentarismo tem para a saúde. Por isso, se faz parte desta estatística e quer mudar de vida, existem 7 truques que o vão ajudar com facilidade.

Descubra a fruta que ajuda a emagrecer quando comida 15 minutos antes da refeição
Estudo defende que existe uma fruta que ajuda a eliminar gordura e a emagrecer se for ingerida 15 minutos antes das refeições (… continue a ler aqui)

1 – Não é necessário treinar todos os dias
Se não pratica desporto há muito tempo, não tem de começar a treinar sete vezes por semana de um momento para o outro. Opte por um processo gradual. Por exemplo, vá duas vezes por semana ao ginásio. Com o passar do tempo aumente o número de treinos semanais.

2 – Os treinos não têm de ser muito prolongados
É mais ou menos como no ponto anterior. Se não treina há muito, o corpo irá necessitar de se ajustar a esta nova realidade. O ideal é começar com treinos mais curtos (inferiores a uma hora) e com cargas leves. Neste momento, o foco deve ser a correta realização de cada movimento. No futuro poderá treinar durante mais tempo e com mais carga.

3 – Cuidado com as pessoas que segue
Existem muitas fontes de acesso a pessoas que são uma inspiração para quem treina. Mas tenha cuidado com quem escolhe. Recorde-se sempre de que as pessoas não estão todas no mesmo patamar físico. Não queira fazer já aquilo que alguém demorou muito a conseguir.

Tenha cuidado com as dietas que segue

4 – Mais nem sempre é sinónimo de melhor
Numa análise simples, poderá ficar com a ideia de que um maior número de repetições de determinado exercício é melhor do que fazer menos. Terá tempo para fazer mais repetições. O importante é que estejam adaptadas ao seu limite e forma física.

5 – Equilíbrio
Deve lembrar-se sempre desta palavra quando pensa nos seus músculos. Nunca deixe de estimular de forma harmoniosa os diferentes músculos. Assim irá evitar um retrocesso de determinados músculos por estar a pensar apenas noutros.

6 – Cuidado com as dietas malucas
Abandonar a vida sedentária passa pelo treino físico e por uma alimentação saudável. E esta deverá ser pautada pelo equilíbrio. Tenha muita atenção às dietas que escolhe para que não tenha que passar por momentos de descompensação nutricional. Ou longos períodos de fome que vão fazer com que coma tudo e mais alguma coisa no futuro. Se possível, procure a ajuda de um profissional que ajuste a dieta à sua realidade.

7 – Desistir não é opção
É o último ponto, mas talvez o mais importante. Até porque é muito fácil ter a tentação de desistir. Isso irá acontecer em diversos momentos, como a desilusão por os resultados não serem os que deseja num curto espaço de tempo. Crie diversos objetivos e mantenha o foco. Treine num espaço onde se sinta confortável e se possível na companhia de alguém que o motive.

Texto: Bruno Seruca

Impala Instagram


RELACIONADOS