Cinco remédios caseiros para acabar com o odor nos pés

O odor nos pés pode ser causado por vários motivos! Conheça as origens do problema e saiba como pode resolvê-lo.

Cinco remédios caseiros para acabar com o odor nos pés

Cinco remédios caseiros para acabar com o odor nos pés

O odor nos pés pode ser causado por vários motivos! Conheça as origens do problema e saiba como pode resolvê-lo.

O odor nos pés é clinicamente conhecido como podobromidrose e pode ser causado por vários motivos. Entre eles, uma infecção fúngica no verão, uso de calçado não respirável e até o excesso de álcool e/ou de tabaco. Além disso, o consumo excessivo de alguns alimentos como especiarias, cebola ou alho também pode causar mau cheiro.

Apesar disso, sabe-se que o motivo mais comum é mesmo o suor. De acordo com a Hola e nas palavras de António Viana, podólogo: “Quando o suor entra em contato com a flora bacteriana do pé, ele produz amónio e ácidos graxos como resultado da sua decomposição, resultando em mau cheiro nos pés.”

Existem pessoas mais predispostas do que outras a ter mau odor nos pés?

A verdade é que tudo depende, por exemplo, das mudanças hormonais que são vivenciadas em diferentes fases da vida e que fazem com que o corpo libera mais suor. Assim, grávidas e adolescentes correm maior risco de cheirar mal dos pés. Contudo, a verdade é nas crianças e adolescentes aquilo que provoca maior odor nos pés é a elevada atividade com uso de calçado pouco respirável e também uma higiene mais descuidada.

O pior é que o especialista recorda que o mau cheiro pode ser também sintoma de outras patologias, como alterações no funcionamento das glândulas apócrinas, doenças metabólicas, renais ou hepáticas, ou até alguns tratamentos como os antidepressivos.

De que forma é que a higiene influencia?

Como podemos perceber pelo descrito anteriormente, a melhor maneira de evitar que os seus pés fiquem com cheiro é lavá-los bem e não usar os mesmos sapatos dois dias seguidos. Para lavar, o ideal é usar sabão neutro e evitar água excessivamente quente. Além disso, não é aconselhável deixar os pés de molho por muito tempo. Após a lavagem, devem ser bem secos!

O calçado influencia?

Como vimos, influencia! O mais importante é usar calçado feito de material que permita ao pé respirar, independentemente se é inverno ou verão. Assim, aconselha-se a utilização de couro e peles, pois ao serem respiráveis, eliminam os maus odores de forma natural. Evite assim plásticos e borrachas.

Como tratar o odor dos pés?

O especialista explicou que há diferentes tratamentos consoante a origem do problema e que podem variar “desde a administração de antibacterianos ou antifúngicos, até a aplicação de tratamentos de secagem em pó ou spray, a eliminação de certos alimentos da dieta ou a cessação do tabagismo. Nos casos de sudorese extrema, são aplicados tratamentos físicos como iontoforese (introdução de íons de substâncias ativas) ou cirurgia”.

Seguem 5 dicas de remédios caseiros para evitar o mau cheiro nos pés:

1. Lave os pés diariamente . A primeira recomendação é mesmo a higiene diária. Os pés devem ser lavados cuidadosamente todos os dias com água morna.

2. Aplique produtos de tratamento de odor nos pés. Posteriormente é importante aplicar algum produto com ação desodorante, absorvente e/ou antitranspirante.

3. Aplique pó de talco. O pó de talco absorve a humidade da pele e, por isso, ajuda a reduzir a irritação do suor ,

4. O melhor remédio caseiro, água com vinagre e sal. O remédio natural mais popular e eficaz é, sem dúvida, o vinagre, graças às suas propriedades antimicrobianas. Além disso, reconhece-se a importância do sal que tem propriedades esfoliantes e ajuda na remoção das células mortas.

5. 10 dicas para evitar o mau odor dos pés. Anténio Viana resume assim em 10 dicas como é que podemos evitar o odor desagradável dos pés:

– Mantenha a higiene ideal dos pés. Lave-os diariamente e seque-os bem, principalmente entre os dedos;
– Troque de meias todos os dias;
– Areje os sapatos para evitar a proliferação de bactérias;
– Evite usar sapatos muito apertados e ao invés de plástico e borracha, opte por couro para que os seus pés respirem;
– Use meias que repelem a humidade, tal como o algodão;
– Evite meias de nylon;
– Lave as palmilhas dos sapatos frequentemente;
– Use sprays desinfetantes para o interior dos sapatos;
– Não use remédios  caseiros que circulem na internet pois podem agravar o problema;
– Vá a um podólogo para identificar a origem da patologia e aplicar o tratamento mais adequado.

Texto: Maria Constança Castanheira; Fotos: Redes Sociais

Impala Instagram


RELACIONADOS