Maternidade real: Modelo mostra barriga pós parto em capa de revista

Maternidade real: Modelo mostra barriga pós parto em capa de revista

A capa de revista onde Sofia Lindfors surge sem qualquer retoque está a dividir a Suécia

A modelo sueca Sofia Lindfors tornou-se assunto nas redes sociais após posar para uma capa de revista sem censura. Com as duas filhas, deixou-se fotografar de biquíni, onde mostra a sua barriga de pós parto.

A capa da revista sueca Mama dividiu aquele país. Mas porquê? Sofia aparece com a barriga flácida e com estrias. Algo tão normal quando se foi mãe.

Sofia aparece a vestir um biquíni amarelo ao lado das duas filhas – que teve através de cesariana– de seis e um ano e meio de idade. A modelo é adepta há vários anos do movimento «body positive», que luta pela a auto aceitação da mulher perante a ditadura da beleza.

Sofia é modelo e antes de se tornar mãe vivia com as medidas perfeitas de 1,74m de altura e 50kg de peso.

Mas a maternidade trocou-lhe as voltas e aquando do nascimento da sua primeira filha, Charlie, que nasceu com uma doença congénita na bexiga, a forma física deixou de ser a sua principal preocupação.

Charlie, agora com seis anos, foi submetida a várias cirurgias, alterando as prioridades de Sofia.

«Quando as pessoas perguntavam nas entrevistas quanto eu ia demorar a perder a barriga, perguntava-me se isso era importante», conta na entrevista.

 

Hoppsan, nu blev det visst lite väl snett va? Ja jävlar, det här du rätt i. Äh, alltså som kvinna får man ju räkna med att kroppen går sönder lite och sådär vid en förlossning. Hon ska ju vara glad över att hon fått ett barn liksom. Jag bryr mig verkligen inte om mitt stora, sneda ärr. MEN jag blir helt jävla vansinnig över attityden kring förlossningsskador och sviterna after graviditet/förlossning. Att vården inte tar kvinnor på allvar, att en måste bråka för att få hjälp och knappt får den då. Den vidriga “lilla gumman”-attityden och att en förväntas acceptera allt möjligt skit bara för att det hör ihop med att en fått ett barn. Vilken man skulle acceptera att hans balle gick sönder för att “han ju ändå blivit pappa så inte ska han väl bråka om kuken då…?” . . . . #kejsarsnitt #jagochmittsnitt #fifilosoferar #mammamage #csection

Uma publicação partilhada por Fi, helt enkelt.. (@heltenkeltfi) a

A conta de Instagram da modelo, com centenas de seguidores, mostra fotos bem diferentes daquelas a que nos habituaram as digital influencers.

«Foram 84 semanas de gravidez, tenho duas filhas. O meu corpo foi cortado, usado, cosido, e sobrevivi. Quero parecer uma guerreira, uma doadora de vida, uma verdadeira super mulher», conta à revista sueca, onde quer mostrar às restantes mães que não há necessidade de viver com a pressão de ter o corpo perfeito após a gravidez.

 

Texto: Marta Amorim

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS