Ginásio é ponto de encontro para engates e novos amores

Esqueça clubes, bares e discotecas. Estudo revela que, afinal, o ginásio é, para 70% das pessoas, o melhor sítio para se apaixonar.

Ginásio é ponto de encontro para engates e novos amores

Esqueça clubes, bares e discotecas. Estudo revela que, afinal, o ginásio é, para 70% das pessoas, o melhor sítio para se apaixonar.

Longe vão os tempos em que as T-shirts de andar por casa, com borboto ou cores esbatidas, eram as que deixávamos de lado para usar quando íamos ao ginásio. Nos dias que correm, as roupas largas foram substituídas pelos tops sexy e as calças de fato de treino por leggings justas, no que diz respeito à indumentária das mulheres. Os homens passaram a exibir braços e ombros com camisolas desportivas de alças. Além disso, há cada vez mais, por questões de saúde e de alguma vaidade, quem faça ginástica quase todos os dias, o que levou a que os ginásios sejam agora um dos principais sítios para… encontrar o amor.

LEIA DEPOIS
Sete alimentos que ajudam a prevenir o aparecimento de constipações

O amor entre uma flexão e um alongamento

Segundo um estudo recente da 4Media – com base numa amostra de duas mil pessoas de 30 países, cruzada com uma audiência de 500 mil subscritores da FOREO, empresa internacional de gadgets de beleza –, 70% das pessoas vão ao ginásio para encontrarem o amor. E, segundo este mesmo estudo, 18% já fizeram sexo no ginásio. Além destes dois números impressionantes, o relatório mostra ainda que 33,8% se sentem mais atraídas por outras pessoas se estas tiverem acabado de se exercitar. Ao que parece, o ginásio é, na atualidade, o ecossistema perfeito para o amor e, para muitas pessoas, a ida ao ginásio tornou-se mais um evento social e uma oportunidade para conhecer pessoas novas do que os clubes noturnos.

Aplicações ajudam a formar o par ideal

E até já há aplicações de encontros que cruzam os dados sobre os hábitos de treino dos seus utilizadores, de modo a encontrarem pares perfeitos. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), devemos treinar entre três a cinco vezes por semana (média de 150 minutos de exercício de intensidade moderada ou de 75 minutos de exercício físico intenso). Assim, entre o tempo que deve passar no ginásio e o que passa a trabalhar, as atividades de socialização, ou até um mero encontro romântico parecem quase impossíveis de agendar, passando a ser o ginásio o palco para o amor nos tempos modernos.

LEIA TAMBÉM
Pequeno-almoço: As três regras para quem quer perder peso

Treinar aumenta a longevidade da relação

Dizem ainda os números deste estudo que a parte biológica conta muito na hora de encontrar o amor, a par da predisposição para encontrar pessoas com os mesmos interesses e visão do Mundo, bem como objetivos comuns no que diz respeito ao estilo de vida saudável e à prática de exercício físico. De facto, 64% dos casados consideram que os interesses em comum são o fator mais importante para manterem um casamento bem-sucedido e defendem que os que treinam juntos desafiam-se constantemente, ajudando o outro a superar obstáculos e a atingir metas, o que contribui para casamentos e ligações mais fortes e duradouras.

‘Engates’ no ginásio em números

–> 18% já fizeram sexo no ginásio
–> 21% das pessoas assumem sentir-se mais atraentes depois de treinar
–> 97%
das pessoas que vão ao ginásio têm algum tipo de interação romântica com alguém que conheceram enquanto treinavam
–> 61%
dessas pessoas acabam por aceitar marcar um encontro
–> 66%
têm apenas uma aventura com alguém que conheceram no ginásio

Texto: Eunice Gaspar | DescobrirPress

LEIA MAIS
Previsão do tempo para quinta-feira, 10 de outubro
Quer recuperar de um dia stressante? Tome nota de 4 truques rápidos e eficazes

Impala Instagram


RELACIONADOS