Empresa portuguesa oferece uma semana por ano aos colaboradores para “pensarem”

Há uma empresa portuguesa que concede uma semana paga aos seus colaboradores para que se desliguem do das suas funções do dia-a-dia.

Empresa portuguesa oferece uma semana por ano aos colaboradores para “pensarem”

Empresa portuguesa oferece uma semana por ano aos colaboradores para “pensarem”

Há uma empresa portuguesa que concede uma semana paga aos seus colaboradores para que se desliguem do das suas funções do dia-a-dia.

Há uma empresa portuguesa que concede uma semana paga aos seus colaboradores para que se desliguem do das suas funções do dia-a-dia. Chamam-lhe Think Week, e desengane-se se pensou que é uma semana de férias. É uma semana que prevê 5 dias totalmente pagos pela Barkyn, num ambiente fora do local de trabalho, mas o objetivo é estimular novas formas de desenvolvimento individual e do negócio.

Todos os colaboradores na empresa há pelo menos um ano, podem participar na Think Week que acontece fora do local de trabalho habitual, em ambiente rural, numa semana sem horários onde o funcionário desliga e sai das atividades diárias da empresa. O intuito é que cada colaborador consiga estimular o distanciamento de forma a encontrar novas soluções. Durante essa semana haverá  formações, pesquisa, leitura, voluntariado, conversas com especialistas internacionais, e tempo dedicado para pensar. No fim, o colaborador apresentará depois à equipa ideias para melhorias ou projectos internos.

Nas palavras da People and Culture Manager da Barkyn, Joana Recharte: “Num ambiente estimulante e de crescimento rápido sabemos o quão importante é, por vezes, parar para refletir. A Think Week é uma poderosa ferramenta de inovação e criatividade onde há espaço para que novas soluções floresçam. O colaborador é munido de todas as ferramentas para que possa pesquisar, desenvolver e aprender temáticas, e, terminada a semana de reflexão, as aprendizagens são partilhadas e colocadas em prática.”

A iniciativa fará parte da lista de políticas internas de bem-estar da Barkyn já a partir deste mês de junho.

Empresa tem outras práticas que promovem inovação, criatividade e bem-estar físico e mental dos colaboradores

A start-up portuguesa, atualmente composta por mais de 50 colaboradores de 6 diferentes nacionalidades, é internacionalmente conhecida pelas suas políticas diferenciadas de bem-estar para os seus funcionários como licença de maternidade canina, uma semana de licença suportada pela empresa quando um colaborador acolhe um cão, ou creche canina paga para tomar conta dos cães durante o dia de trabalho.

Impala Instagram


RELACIONADOS