É por este motivo que fica constipado no inverno

É consensual que ficamos mais vezes constipados e engripados no inverno. Mas porquê? Nova descoberta revela existir razão biológica.

É por este motivo que fica constipado no inverno

É por este motivo que fica constipado no inverno

É consensual que ficamos mais vezes constipados e engripados no inverno. Mas porquê? Nova descoberta revela existir razão biológica.

Um grupo de investigadores da Escola de Medicina da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, descobriram a razão pela qual é mais comum ficar constipado e engripado durante o inverno e a resposta não é tão óbvia quanto se possa pensar. De acordo com o estudo publicado nesta terça-feira, 6 de novembro, na revista científica The Journal of Allergy and Clinical Immunology, o ar frio danifica a resposta imune das células presentes no nariz, que têm como função impedir a replicação de vírus e a entrada de bactérias nas narinas.

O trato respiratório humano é o primeiro local de contacto para vírus respiratórios e desencadeia uma série de respostas imunes inatas. Reduzir a temperatura interna do nariz até 5°C, como acontece quando sai num dia frio no inverno, pode matar quase 50% dessa resposta. Ou seja, uma pequena descida da temperatura é, segundo o estudo, suficiente para comprometer metade da imunidade de uma pessoa. “O estudo oferece uma explicação mecanicista quantitativa direta para a variação sazonal na prevalência de infecção do trato respiratório superior”, aponta os autores.

Como acontece a contaminação?

Os cientistas traçaram a rota da infecção viral e da resposta gerada para perceber como acontece o processo de contaminação. Quando o vírus entra pelas narinas, a parte da frente do nariz é a primeira a responder. As células que as revestem criam milhões de cópias simples de si mesmas, conhecidas como vesículas extracelulares (EVs). Essas cópias são mini versões das células projetadas especialmente para matar o vírus e agem como chamariz para o patógeno, que adere a elas e não às células. As EVs são expelidas pelo o muco nasal, evitando que os germes se repliquem.

Os investigadores descobriram que os EVs têm muito mais receptores na sua superfície do que as células originais presentes no nariz. Tal ajuda a evitar a infecção viral. Para entender como o organismo reage em temperaturas frias, expuseram quatro voluntários a 15 minutos de baixas temperaturas. De seguida, mediram as condições dentro das cavidades nasais. Observaram que a temperatura no nariz pode cair até 5°C, matando as EVs – é nesse cenário que a imunidade é prejudicada. Os resultados do estudo são limitados, uma vez que foi feito in vitro, com amostras de tecido humano testadas em laboratório.

Foto: Shutterstock

Uso de ibuprofeno desaconselhado a estas pessoas
Um novo estudo chegou à conclusão que o uso de ibuprofeno em pessoas que sofrem com esta condição pode ter consequências nefastas. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS