Dicas para ‘sobreviver’ às ondas de calor deste verão

Verão é sinónimo de férias, praia, bom tempo e, claro, muito calor. É precisamente durante esta estação que chegam aquelas vagas de calor quase insuportáveis e que chegam mesmo a ser perigosas.

Dicas para 'sobreviver' às ondas de calor deste verão

Dicas para ‘sobreviver’ às ondas de calor deste verão

Verão é sinónimo de férias, praia, bom tempo e, claro, muito calor. É precisamente durante esta estação que chegam aquelas vagas de calor quase insuportáveis e que chegam mesmo a ser perigosas.

Verão é sinónimo de férias, praia, bom tempo e, claro, muito calor. É precisamente durante esta estação que chegam aquelas vagas de calor quase insuportáveis, que chegam mesmo a ser perigosas e, algumas vezes, fatais. No entanto há alguns passos que pode seguir para conseguir sobreviver às altas temperaturas. Confira as nossas dicas!

Grupos de maior risco

Tenha atenção aos grupos de maior risco desta estação. São eles os idosos, as crianças e as pessoas com determinados problemas de saúde que são mais vulneráveis às ondas de calor.

Se possível, fique em casa

Evite mesmo sair de casa, a não ser que seja mesmo necessário, principalmente durante as horas mais quentes e de maior risco entre as 12h00 e as 16h00.

Mantenha a casa fresca

Tente arejar a sua casa. Um bom isolamento pode evitar que o calor entre, mantendo assim o interior da sua habitação o mais fresca possível. Tenha, também, cuidado com o ar condicionado. verifique se está a funcionar de forma correta. Também pode utilizar ventoinhas que ajudam na circulação do ar.

Refresque-se

Um bom duche de água fresca pode ajudá-lo nestes dias. Caso não consiga aguentar a temperatura da sua habitação, saia de casa e dirija-se a um local fresco. Centros comerciais são uma boa opção. Utilize roupas leves, respiráveis e frescas.

Beba água e evite esforços

Tenha atenção e mantenha-se hidratado! Beba muitos líquidos, especialmente água, mesmo quando não tiver sede. Evite as bebidas açucaradas. Evite bebidas alcoólicas ou com cafeína, como chá ou café. Evite praticar exercício físico e outras atividades que exijam demasiados esforços.

Preocupe-se com os animais e com pessoas mais vulneráveis

Certifique-se de que os seus animais de estimação têm muita água disponível, bem como locais onde possam estar à sombra. Procure as pessoas que sabe que são mais vulneráveis e certifique-se de que estão em segurança.

Atenção às janelas e às portas!

Proteja as janelas com materiais refletivos como papelão e folhas de alumínio. Tape-as durante o dia com persianas e cortinas para que o sol não entre. Coloque tiras na janela, o que fará com que o ar quente fique do lado de fora e o fresco se mantenha no interior da habitação. Mantenha as portas fechadas e cole tiras em todas as que fazem ligação para o exterior.

Alimente-se de forma saudável

Nos dias de mais calor, opte por fazer refeições mais leves. Tenha em atenção que o seu corpo já está em esforço para conseguir controlar a temperatura corporal por isso ajude-o e consuma alimentos fáceis de digerir.

‘Escaldões’ e queimaduras

Atenção às queimaduras solares. Se a sua pele ficar vermelha após a exposição ao sol é provável que tenha exagerado no tempo em que esteve ao sol. Utilize uma pomada para ajudar a diminuir a dor e o desconforto, mas caso não melhore deve procurar um médico.

Exaustão

Se sentir suores frios, náuseas, dores de cabeça e pulso fraco é provável que esteja a entrar em exaustão devido ao calor em excesso. Nesse caso deve deitar-se, arrefecer e beber água. Procure ajuda de um médico caso sinta vómitos.

Cuidado com as insolações

Pele quente, febre, pulso fraco e dificuldade em respirar. Estes são os sintomas de uma insolação. Neste caso deve procurar imediatamente ajuda de um médico.

LEIA MAIS

Querem, podem e mandam. Os quatro signos mais teimosos do zodíaco

Afinal, devemos dormir com fome ou comer antes de deitar?

Previsão do tempo para sábado, 27 de julho

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS