Como preparar as crianças para a chegada de um irmão

No primeiro filho, a preocupação ao trazê-lo para casa é cuidar do bebé e de todas as suas necessidades. Já no segundo filho, as prioridades mudam.

Como preparar as crianças para a chegada de um irmão

Como preparar as crianças para a chegada de um irmão

No primeiro filho, a preocupação ao trazê-lo para casa é cuidar do bebé e de todas as suas necessidades. Já no segundo filho, as prioridades mudam.

No primeiro filho, a preocupação ao trazê-lo para casa é cuidar do bebé e de todas as suas necessidades. Já no segundo filho, as prioridades mudam. Além de cuidar do recém-nascido há também que dar atenção à reação do filho mais velho na integração do bebé. São muitos os desafios relatos pelas famílias e para ajudar, a BabyLoop, dá cinco dicas para ajudar na preparação do filho mais velho para a chegada do irmão mais novo.

Alergias na primavera? São estes os sintomas

Uma em cada quatro pessoas sofre de alergias durante a primavera. A informação é dada pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS) através de uma publicação nas redes sociais (…continue a ler aqui)

São estas as cinco melhores dicas:

– Seja honesto: É importante preparar o irmão mais velho para a chegada da criança e uma forma de o fazer é explicar as necessidades do recém-nascido, como por exemplo, a de atenção constante, inclusive durante a noite. Além disso, será também fundamental garantir que o mais velho sabe que pode demorar algum tempo até que este possa brincar com o bebé.

– Incluir o mais velho na preparação: Porque não garantir que, em momentos chave como a decoração do quarto do bebé, o mais velho tem um papel importante? Esta é uma forma de o fazer sentir-se incluído antes de receber em casa outra criança que irá tomar muita da atenção que anteriormente lhe era direcionada.

– Agendar uma atividade recorrente: Basta agendar uma hora por dia que seja exclusivamente dedicada ao mais velho. Seja para realizar uma atividade em conjunto, como jogar jogos, ouvir música ou apenas falar, o objetivo é que o primeiro filho continue a sentir-se valorizado ao realizar as atividades que mais gosta.

– Dividir tarefas: Quando o recém-nascido chegar a casa pode ser importante distribuir tarefas relacionadas com o cuidar do bebé, como por exemplo, deixá-lo segurar na criança ou abalá-la antes de dormir.

– Distribuir a atenção de terceiros: Quando receber convidados que venham de propósito a sua casa ver o recém-nascido, o ideal é garantir que estes também dão atenção ao filho mais velho, para que se sinta especial e igualmente merecedor do tempo da sua visita. Outra forma de ajudar será oferecer uma prenda simbólica, caso ofereçam também uma ao bebé.

Impala Instagram


RELACIONADOS