Guia de combinações básicas entre vinhos e comida. Saiba o que servir

Guia de combinações básicas entre vinhos e comida. Saiba o que servir

Receber pessoas em casa é sempre motivo de reboliço. Seja pela comida, seja pelo vinho. Ou… pela combinação entre os dois. Conheça as combinações que pode e deve fazer

Um bom vinho sabe sempre melhor com a companhia certa e acompanhado de um prato que permita desfrutar dos seus sabores. A combinação de vinhos e comida de forma aleatória é um erro e existem algumas orientações básicas que pode seguir para não errar na hora de servir um vinho.

Começando pelo mais básico, eis os tipos de vinho existentes e com que comidas se devem servir:

Espumante

Deve ser servido com saladas, queijos macios ou duros e peixe. Dependendo da doçura do espumantes, este pode também ser servido à sobremesa, com doces ou frutas.

Branco seco

Este tipo de vinho pode ser servido com saladas, vegetais (tanto cozidos como assados), pães e massas.

Branco leve

Dever ser bebido a acompanhar todos os tipos de queijos, frutos do mar, peixe, enchidos, massas e sobremesas.

Branco

Vai bem com vegetais, queijos mais macios, peixe, carne de aves e massas.

Tinto leve

Este tipo de tinto deve ser bebido com vegetais, queijos, frutos do mar, carnes brancas, enchidos e massas.

Tinto médio

Cai bem com vegetais, queijos duros, carne branca e de caça, enchidos e massas.

Tinto Seco

Este vinho mais pesado é aconselhável tomar com carne de caça, enchidos, massas e queijos.

Porto e Jerez

Este vinho mais doce deve ser apenas servido à sobremesa com doces ou queijos azuis.

 

 

 


RELACIONADOS

Guia de combinações básicas entre vinhos e comida. Saiba o que servir

Receber pessoas em casa é sempre motivo de reboliço. Seja pela comida, seja pelo vinho. Ou… pela combinação entre os dois. Conheça as combinações que pode e deve fazer