As melhores apps de encontros do momento

Descarregue as que lhe apetecer, meta conversa e… deixe o amor fluir!

As melhores apps de encontros do momento

As melhores apps de encontros do momento

Descarregue as que lhe apetecer, meta conversa e… deixe o amor fluir!

Quer procure um encontro casual para satisfazer as suas necessidades sexuais quer ande em busca do amor da sua vida, as aplicações para smartphone vieram trazer um mundo novo de possibilidades. Se é tímido, desajeitado ou sem pachorra para meter conversa em bares ou discotecas, conheça o maravilhoso mundo das aplicações para encontrar o amor!

Tinder

É a aplicação-rainha dos encontros amorosos. Disponível para Apple e Android, o funcionamento da mesma é muito simples. A ligação é feita através da sua conta de Facebook (os seus amigos não vão saber que está a usar) e, depois, pode escolher as suas imagens favoritas e definir o seu perfil. O Tinder funciona por proximidade geográfica (nas opções vão surgir pessoas que estão perto de si num raio máximo de 150 quilómetros) e também pelos amigos e gostos em comum.

LEIA MAIS: Esta famosa faz revelações sobre sexo anal [e garante «orgasmos fantásticos»]

Quando lhe aparecerem os perfis das pessoas, carregue no coração ou deslize para a direita se a pessoa lhe agradar. Se não lhe interessar, carregue no ‘x’ ou deslize para a esquerda. Se tiver uma conta não paga, só vai conseguir conversar se a pessoa do outro lado também tiver gostado do seu perfil. É a aplicação mais popular, com 1,6 mil milhões de utilizadores em todo o mundo.

Happn

Surgiu em 2014 como alternativa ao Tinder. O funcionamento é muito semelhante, mas o Happn valoriza o facto de as pessoas estarem nas proximidades uma da outra ou de se terem cruzado recentemente. No perfil vai poder ver onde e quando é que se cruzou com a pessoa em questão. Também existem versões pagas que permitem ao utilizador iniciar uma conversa com alguém mesmo que essa pessoa não tenha gostado do seu perfil.

Bumble

Tal como o Tinder e o Happn, o Bumble baseia-se na sua localização para lhe sugerir perfis que sejam mais adequados para si. A diferença é que, nesta aplicação, a mulher é que dá o primeiro passo. Ou seja, mesmo que faça ‘match’ com um homem, a conversa só pode ser iniciada por si (uma ótima forma de afastar os chatinhos e trolls da internet). No caso dos ‘matches’ entre pessoas do mesmo sexo, qualquer um pode dar o primeiro passo.

Felizes.pt

Não é uma aplicação mas sim um site… 100% português! Os membros têm de ter mais de 30 anos e cada perfil é cuidadosamente verificado para que não existam identidades falsas. «Quisemos um espaço onde as mulheres se sintam bem e possam ao seu próprio ritmo procurar e conversar tranquilamente com quem despertar o seu interesse. O resto pertence ao destino», explicam os fundadores do felizes.pt.

LEIA MAIS: Sexo: O que levam os portugueses na mala das férias

Grindr

É a maior rede social do mundo orientada para a comunidade gay, bissexual e trangénero. O Grindr foi o primeiro site de encontros a ter uma aplicação na Apple Store, mesmo antes do Tinder. Tal como as restantes apps, também se baseia na geolocalização. O grande problema desta aplicação é que funciona exclusivamente para homens. Este aplicação está bloqueada em países como a Turquia, Arábia Saudita, Irão e Indonésia, onde a homossexualidade não é permitida ou mesmo criminalizada.

Cuidados a ter antes de usar

As aplicações para encontros amorosos são uma ótima forma de conhecer pessoas novas, cimentar amizades e, se as coisas correrem mesmo bem, encontrar o amor. No entanto, há determinadas regras e precauções que deve tomar antes de se aventurar neste universo.

  • – não divulgue informações pessoais como número de cartão de crédito, telemóvel, palavras-passe;
  • – não combine encontros em locais pouco seguros ou em casa de desconhecidos. Se quiser marcar um primeiro encontro, opte por um local público, como um café ou restaurante;
  • – não aceite boleias de pessoas que conheceu através das aplicações e avise sempre um amigo / familiar do local onde vai e também a identidade da pessoa em questão;
  • – não aceite perfis sem imagens ou com fotografias que lhe parecem suspeitas: se alguém meter conversa consigo e usar como foto de perfil uma imagem do Cristiano Ronaldo ou do George Clooney, desconfie.

Impala Instagram


RELACIONADOS