Alerta | Comer a cabeça do camarão pode provocar cancro

Comer a cabeça do camarão é ou não prejudicial à saúde? Descubra todos os prós e contras deste marisco, que faz as honras da festa nesta época do ano.

Alerta | Comer a cabeça do camarão pode provocar cancro

Alerta | Comer a cabeça do camarão pode provocar cancro

Comer a cabeça do camarão é ou não prejudicial à saúde? Descubra todos os prós e contras deste marisco, que faz as honras da festa nesta época do ano.

O camarão é um dos grandes protagonista da quadra natalícia e, especialmente, da noite de Passagem de Ano. Não há plano melhor para terminar o ano em grande do que uma mariscada em família ou com amigos. Porém, há estudos que revelam que é preciso ter cuidado com a forma como se come o camarão – especialmente, a cabeça!

LEIA DEPOIS
A doença crónica e incurável do rei Felipe de Espanha

Lado mau do camarão

Segundo a Fundação Espanhola de Nutrição, esta parte do camarão tem uma grande quantidade de cádmio, uma espécie de metal que existe no meio ambiente, mas que é também o resultado da poluição industrial dos oceanos. Quem revela o resultado deste estudo é o jornal El Español, que alerta para as consequências que esta substância pode ter na nossa saúde.

Não é preciso deixar de comer de todo a cabeça do camarão, mas é preciso evitar fazê-lo em grandes quantidades. Esta substância metálica [cádmio] pode acumular-se no fígado, nos rins e desgastar a quantidade de minerais presentes na nossa massa óssea. A exposição prolongada ao cádmio pode provocar cancro.

Outro aspeto negativo do camarão que deve ser tido em conta é o alto teor em colesterol. Segundo a mesma publicação, por cada 100 gramas de camarão, estão presentes 200 miligramas de colesterol. A dose diária recomendada é inferior a 300 miligramas, o que significa que o valor é elevado demais.

Lado bom do camarão

No entanto, nem tudo é mau no camarão. Aliás, há especialistas que defendem que o rabo e a cabeça do camarão são as partes mais ricas em nutrientes e que podem ser comidas com moderação, tal como todos os alimentos. Além disso, este marisco é baixo em calorias, é rico em Omega 3 e tem muita proteína [cerca de 20% na sua composição].

Texto: Mafalda Mourão; Fotos: D.R.

LEIA DEPOIS
«Temperaturas elevadas» na Madeira após fim de semana de incêndios
Não sabe onde passar a passagem de ano? Tome nota das melhores festas à borla

Impala Instagram


RELACIONADOS