Descubra quais são os 5 objectos com mais germes num quarto de hotel

Apesar de a maioria dos quartos de hotel parecerem imaculados, nem sempre o aspeto corresponde à realidade. Descubra quais os 5 objectos que têm mais germes.

Descubra quais são os 5 objectos com mais germes num quarto de hotel

Apesar de a maioria dos quartos de hotel parecerem imaculados, nem sempre o aspeto corresponde à realidade. Descubra quais os 5 objectos que têm mais germes.

Se há coisa que esperamos quando vamos para um hotel é que tudo esteja limpo e higienizado no quarto onde vamos ficar. Geralmente, só ver a cama feita impecavelmente transporta-nos para a sensação de lençóis lavados e imaculados. Mas nem sempre o que parece limpo está realmente higiénico. Saiba quais são os cinco objectos que têm mais germes nos quartos de hotel. [Spoiler alert: nenhum é a sanita.]

LEIA DEPOIS
SIC obrigada a apagar todos os vídeos do programa Supernanny

  1. 1. Copos na casa de banho

  2. Evite ao máximo utilizar os copos colocados na casa de banho do quarto. Não beba água dos mesmos, nem coloque a escova de dentes. Saiba que vários gestores de estabelecimentos turísticos já admitiram que, por vezes, entre os vários hospedes, os funcionários de limpeza apenas passam os copos por água no próprio lavatório da casa de banho.

2. Comando de televisão

O comando de televisão é provavelmente o objecto com mais germes em qualquer quarto de hotel. A verdade é que nunca é limpo pelos funcionários e quase todos os hóspedes o utilizam. Basta pensar que nem todas as pessoas lavam as mãos depois de irem à casa de banho ou, muito menos, após terem relações sexuais para nunca mais tocar num comando de televisão num hotel.

3. Bancada, lavatório e torneiras

A maior parte dos funcionários de limpeza utilizam o mesmo pano para limpar todas as “loiças das casas de banho”. Ou seja, o mesmo pano que limpa a sanita vai limpar o lavatório, incluindo as torneiras e bancada. A banheira não tem este problema pois, geralmente, é limpa com desinfectante.

4. Telefone

Tal como o comando de televisão, o telefone ser um centro de germes, não é surpresa para ninguém. A única diferença é que este, quando utilizado, fica a milímetros da boca, tornando-se assim um objecto ainda mais arriscado de utilizar.

5. Cobertores e edredons

Não estava à espera? Apesar dos lençóis e toalhas serem lavados todos os dias, o mesmo já não se pode dizer dos cobertores e edredons. A verdade é que a maioria não são limpos de hóspede para hóspede. Conclusão: os cobertores e edredons são literalmente mantas cobertas de micro-organismos potencialmente nocivos para a saúde.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para este sábado, 19 de outubro
Morreu Jacqueline Saborido, a mulher que usou rosto queimado contra a condução sob efeito de álcool

Impala Instagram


RELACIONADOS