Cinco lubrificantes perigosos que a maioria já usou pelo menos uma vez na vida

Já usou saliva para facilitar a penetração durante o ato sexual? Este é um dos cinco lubrificantes que deve evitar utilizar.

Cinco lubrificantes perigosos que a maioria já usou pelo menos uma vez na vida

Cinco lubrificantes perigosos que a maioria já usou pelo menos uma vez na vida

Já usou saliva para facilitar a penetração durante o ato sexual? Este é um dos cinco lubrificantes que deve evitar utilizar.

Podem parecer completamente inofensivas, mas certas substâncias escorregadias que podemos utilizar em substituição dos lubrificantes convencionais, durante o ato sexual, podem trazer sérios riscos à saúde. É o caso, por exemplo, da saliva.

LEIA DEPOIS
Pressão arterial: Três dicas importantes para manter os níveis baixos

5 lubrificantes que deve evitar utilizar

Saliva

Para Lauren Streicher, usar a saliva é uma perda de tempo, isto por não ser escorregadia o suficiente para ser considerado um bom lubrificante. «Além disso, facilita a transmissão de DSTs e pode introduzir uma infecção no canal vaginal, assim como o sexo oral desprotegido», diz Jason James, diretor médico do FemCare Ob-Gyn, de Miami, nos Estados Unidos.

Gordura vegetal

Por ser um produto de cozinha à base de óleo, não é compatível com o preservativo. «Além disso, é um lubrificante terrível», diz Lauren Streicher, professora associada de obstetrícia clínica e ginecologia da Northwestern University Feinberg School of Medicine, nos Estados Unidos. «Não é assim tão escorregadio e para a maioria das mulheres não é eficaz», diz ainda. Por não ter sido formulado para uso vaginal, pode acabar por irritar a vagina. Continue a ler aqui.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para este sábado, 5 de outubro

Impala Instagram


RELACIONADOS